X
Menu
X
Verbo da Vida
Taguatinga - DF

Distração: é o maior inimigo da comunhão com Deus – Pastor Darren Wray, Verbo da Vida Aracaju- SE

Dareen WrayDebaixo de uma unção poderosa, o pastor Darren Wray do Verbo da Vida Aracaju- SE, ministrou a palavra do Senhor, ressaltando que distração é o maior inimigo da comunhão com Deus.

Com base no livro de Lucas 10:38-42, o pastor disse que Jesus entrou em um povoado e certa mulher chamada Marta o hospedou em sua casa. Esse povoado ficava a 3 km de Jerusalém e essa casa moravam três irmãos Marta, Maria e Lázaro.

Segundo a palavra, ela tinha uma irmã chamada Maria e ela estava sentada aos pés do Senhor a ouvir aos seus ensinamentos. “Essa postura nos mostra a característica principal de Maria, ela era uma adoradora e amava servir a Jesus e as pessoas, porém, Marta estava distraída com muitos serviços”, afirmou.

Marta e Maria representam os dois perfis de crentes que existem na igreja. Aqueles que vivem contentes e felizes, e os que vivem frustrados e tristes. Todos estão no mesmo cenário, Deus habita em todos. Mas apenas uma porção está vibrante e a outra está depressiva. Por que isso? As duas estavam na mesma condição de acesso a Palavra. Porém as pessoas tentam justificar suas frustrações e as suas tristezas, culpando o ambiente ou as pessoas. Ao justificar essas coisas, nunca se veem livres.

“Precisamos ter equilíbrio entre servir as pessoas e ter comunhão com Deus. Essas duas coisas é um dos maiores desafios da nossa vida cristã”.

Confira alguns trechos da mensagem:

“O maior inimigo da comunhão com Deus é a distração. Se você não tiver cuidado, até as coisas eclesiásticas podem lhe afastar da comunhão com Deus”.

“Em toda essa história, Maria não falou absolutamente nada. Ela simplesmente ouvia Jesus. Por outro lado, Marta falava bastante. O problema de Marta era que ela estava falando, enquanto deveria está ouvindo”.

“A possiblidade de haver dias bons na sua vida está ligada à sua boca”.

“É importante pensar antes de falar, palavras são como sementes”.

“As vezes as palavras que são faladas para as pessoas doem mais do que uma agressão física, porque penetram mais. Tem feridas que ficam alojadas por meses. A nossa boca tem que ser fonte que jorre alegria, paz e bênçãos”.

Confira a mensagem na íntegra no link abaixo!

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *