X
Menu
X

A Importância da leitura

por Manoel Dias
(Vice-presidente da Igreja Verbo da Vida Sede e integrante da diretoria do Ministério Verbo da Vida

Na Bíblia, podemos descobrir muitas maneiras pelas quais Deus pode nos alcançar, porém, quero destacar aqui a leitura. O Senhor sempre instruiu Seu povo a estar em contato contínuo com as Suas palavras através das Escrituras.

A leitura é um hábito a ser desenvolvido individualmente, mas também deve ser realizada de forma coletiva, em família e na congregação. São comprovados cientificamente tantos benefícios da leitura para o cérebro, para a saúde física e mental. Porém, quando selecionamos bem aquilo que vamos ler, os resultados e impactos espirituais serão ainda maiores na nossa vida.

Após os 40 anos no deserto, Moisés deu instruções com respeito à leitura aos hebreus. Vemos isto em Deuteronômio 31.9-13:

Ao fim de cada sete anos, precisamente no ano da remissão, na Festa dos Tabernáculos, quando todo o Israel vier a comparecer perante o SENHOR, teu Deus, no lugar que este escolher, lerás esta lei diante de todo o Israel. Ajuntai o povo, os homens, as mulheres, os meninos e o estrangeiro que está dentro da vossa cidade, para que ouçam, e aprendam, e temam o SENHOR, vosso Deus, e cuidem de cumprir todas as palavras desta lei; para que seus filhos que não a souberem ouçam e aprendam a temer o SENHOR, vosso Deus, todos os dias que viverdes sobre a terra à qual ides, passando o Jordão, para a possuir”

As razões apontadas para a leitura da Lei do Senhor aos filhos de Israel eram para que eles aprendessem as escrituras, temessem ao Senhor e também para que a próxima geração recebesse a influência certa para que possuíssem a terra.

De forma semelhante, devemos ter um propósito contínuo de nos expormos à Palavra. Esta é uma das principais formas de mantermos uma consciência viva do próprio Deus, das Suas instruções e dos Seus princípios.

“Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido” (Josué 1.8)

A leitura é uma porta para a meditação. Ela nos mantém conectados a Deus em nosso íntimo, pela Sua palavra. A instrução de Deus a Josué: “dia e noite”, não dá margem para distração, mas  aponta para um vida de disciplina diária quanto à leitura e meditação.

Desta maneira, Deus estava influenciado diretamente os pensamentos e, consequentemente, as falas de Josué, o qual estaria habilitado para ser próspero e bem-sucedido. Muitos são os benefícios por desenvolvermos o hábito da leitura em nossas vidas.

No Novo Testamento, o apóstolo Paulo expressou a importância de cuidarmos dos nossos pensamentos, em várias de suas cartas.

Aos Efésios, ele falou sobre o “capacete da salvação”, peça da armadura de Deus, significando uma proteção direta aos nossos pensamentos.

Paulo era um homem dedicado à leitura. Em II Timóteo 4.13, ele solicitou algo que lhe era precioso: “os livros, especialmente os pergaminhos”. Por que ele queria os livros e os pergaminhos? A resposta é o que está no Salmo 119.130: “A revelação das Tuas Palavras esclarece e dá entendimento aos simples”.

Ele sabia que somente através da leitura e meditação é que poderia se manter afinado aos propósitos de Deus.

Todos nós precisamos fazer da leitura um instrumento para nos mantermos influenciados com as coisas certas e assim progredirmos.

Vale a pena nos dedicarmos à leitura da Palavra de Deus e de bons livros. Foi essa a instrução dele para Timóteo: “Aplica-te à leitura” (I Timóteo 4.13).

Aplicação denota esforço e investimento. Invista um tempo diário para ler, tenha sempre consigo a Bíblia e adquira bons livros para também serem lidos. Outro conselho que lhe dou é reservar um lugar específico para desenvolver essa prática.

Por fim, mais uma instrução de Paulo à Igreja foi para que a Palavra de Cristo habitasse ricamente em nós (Colossenses 3.16).

Que texto inspirador! Primeiramente, devemos considerar a instrução sobre a Palavra “habitar” em nós. Isto é, ela deve fazer morada em nossos pensamentos e corações. Trata-se de constância e continuidade. Outra palavra que Paulo conectou com esta instrução foi “ricamente”, dando ênfase à quantidade. A Palavra deve estar em abundância dentro de nós. Para isto, o hábito da leitura é fundamental.

Segundo Colossenses 3.16, se a Palavra estiver habitando ricamente em nós, ela afetará as nossas ações, as nossas orações e os nossos relacionamento interpessoais:

1 – Nossas ações:

Habite, ricamente, em vós a Palavra de Cristo… E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai”

A leitura da Palavra nos habilita a sermos conduzidos pelos princípios de Deus. Consequentemente, o nosso falar e o nosso agir serão influenciados pelo Senhor e pela Sua vontade.

2 – Nossa Adoração:

Habite, ricamente, em vós a Palavra de Cristo… Louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração”

A leitura nos manterá debaixo de uma contínua consciência do próprio Deus, levando-nos sempre a reconhecê-Lo em nosso viver. A Palavra afetará tanto a nossa alma, quanto o nosso espírito, despertando em cada um de nós uma vida de maior gratidão.

3 – Nossos relacionamentos:

Habite, ricamente, em vós a Palavra de Cristo… Instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria”

A Palavra sempre nos conduzirá pelos caminhos da sabedoria. Isto não deve ser uma responsabilidade apenas dos ministros, mas deve ser um modo de vida de todo filho de Deus. Deve haver instrução e conselho entre nós, mas isto só acontecerá pelo fato da Palavra estar habitando em nós. Uma vida de leitura e meditação afetará positivamente os nossos relacionamentos. Assim, seremos uma benção uns aos outros.

*Fonte: Revista Verbo – Edição 48  

 

Compartilhe

Postagens Relacionadas

“O que tem lhe influenciado?” foi a pergunta de Manoel Dias no Culto de Celebração Cuidado com as influências Achegai-vos! Uma boa medida de Palavra e poder transbordaram no Culto do Espírito Culto do Espírito: Manoel Dias ministrou numa noite de avivamento O Espírito Santo na nossa vida de adoração Família se constrói, não nasce pronta – Parte 2 Aliança e Compromisso: A nova série da Escola Dominical foi iniciada por Manoel Dias
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada