X
Menu
X

Idade X Maturidade

Por Izabele Silva

(Graduada no Centro de Treinamento Bíblico Rhema)

Quando falamos em maturidade, nos referimos à etapa em que algo chegou a sua “melhor fase”. Nos referimos à plenitude, onde o que estava ainda em processo de formação, após o tempo necessário, finalmente está no seu estado mais proveitoso. Geralmente, uma fruta madura tem mais sabor, mais cor, tem a consistência e o tamanho perfeitos.

Quando o conceito de maturidade se relaciona diretamente ao ser humano, a primeira identificação geralmente se dá através da idade que este possui. Mas o interessante é que as características que revelam essa maturidade, não são somente físicas, mas também intelectuais A capacidade para tomar decisões, exercer atividades de responsabilidade, quantidade de conhecimento adquirido, entre outros fatores são indicados como fruto do estágio maduro de alguém.

Mas até que ponto a idade de alguém determina o seu grau de maturidade?

Sabemos que a idade pressupõe a quantidade de tempo que alguém já viveu. Se ser adulto é a fase plena de maturidade e a velhice é o acúmulo dela, ser jovem seria, por tanto, uma fase onde a maturidade ainda está sendo adquirida, já que a juventude refere-se ao princípio da vida. O jovem estaria então, fadado a uma incapacidade de ser prudente plenamente. No entanto, se pararmos para refletir, ser prudente não se resume a apenas uma grande quantidade de experiências vividas que ter mais idade proporciona.

O jovem, sem dúvidas, precisa reconhecer que as experiências que alguém de mais idade já viveu fazem sim diferença, mas não deve se achar incapaz. Deve ser achado manso o suficiente para crescer com os conselhos dos mais velhos, porém se permitir ser corajoso, de modo que sua  juventude o incentive a alçar novos e ousados voos. 

Apesar de um jovem estar com suas capacidades mentais ainda em desenvolvimento, outros fatores influenciarão sua maturidade. A criação que os pais lhe deram, as amizades, os hábitos, as suas prioridades, a maneira como encara os desafios, definem o quanto o ele é prudente. Os jovens estão numa fase de tomar muitas decisões. Seu futuro será enormemente influenciado pelas suas atitudes.

Assim, jovem, não desperdice esses dias de mocidade. Trilhe caminhos de sabedoria. Além de poder decidir ser prudente, acima de tudo, você tem um Deus que é seu Pai. Ele confia em Sua criação, confia em você e conhece seu futuro. Esteja sensível e se exponha à palavra dEle. Ela com certeza te ensinará a ser um exemplo, inclusive para os de mais idade, assim como aconteceu com Timóteo. Jesus está às portas e conta com você. Seja prudente ao não perder tempo nestes últimos dias.

“Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza” (1 Timóteo 4. 12)

Compartilhe

Postagens Relacionadas

Avisos 05/05/19
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada