X
Menu
X

Expandindo a salvação

por Katiucia Gomes
(Missionária Verbo da Vida em Moçambique)

Onde houver pessoas, nós vamos chegar com a Palavra da fé. Mesmo que você não tenha um chamado missionário, ore, contribua. Nós temos uma missão, pregar o Evangelho a toda criatura. 

No livro de Marcos, capítulo 4, o texto fala da famosa tempestade que Jesus acalmou. Ele liberou uma palavra para os seus discípulos: “Nós vamos passar para outra margem”. A Palavra que sai da boca de Deus não volta vazia. Existem pessoas do outro lado do mundo precisando dessa Palavra. Havia uma multidão perto de Jesus, mas Ele disse: “Parem tudo e vamos para outra margem”. Isso porque Ele tem interesse em alcançar as pessoas. Ele estava alcançando multidões daquele lado, mas tinha alguém na outra margem que precisava ser alcançado. 

Nem sempre porque Deus disse que algo vai acontecer, as coisas estarão tranquilas. Mas tenha certeza de que se a Palavra foi liberada, nós vamos ficar firmes com o Senhor neste ministério e vai acontecer; porém isso não quer dizer que não vamos enfrentar tempestades. 

O temporal veio sobre eles e Jesus estava dormindo. Isso nos ensina que mesmo em meio à tempestade nós podemos descansar. Está liberada a Palavra de Deus e nós vamos pregar o Evangelho aos quatro cantos do mundo. Não importa o que vai acontecer, não importa o tamanho da tempestade. Sabe o que Jesus fazia? Ele dormia! 

Os discípulos ficaram desesperados, mas, Jesus, despertando do sono, disse ao mar: “acalma-te!”. O mar se acalmou e Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão tímidos, onde está a vossa fé?”.

Para essa grande missão é necessário fé. Foi assim que o pastor Bud começou e é assim que as coisas têm acontecido em todos os lugares. Conosco não será diferente. É preciso fé, e fé é agarrar a Palavra de Deus independente das circunstâncias, das tempestades. Nós estamos com a Palavra, ela vai se cumprir e ponto final. Vamos usar a nossa fé, a fé na Palavra de Deus. Os nossos lideres nos ensinaram muito bem sobre isso. Não importa o quanto nós temos no bolso, se nós temos uma palavra do Senhor, isso é o suficiente. O que importa é não sermos tímidos na fé! 

Nós precisamos começar a falar. Só decorar a Palavra não é suficiente. A prática é o que nos garante o sucesso. A Palavra de Jesus foi liberada e se Jesus liberou, vai se cumprir.

As pessoas vão ficar admiradas pelo poder de Deus que sairá através da Palavra dEle em nossa boca. Nós vamos chegar, vamos alcançar, vamos cumprir aquilo que Deus liberou para nossas vidas nesse ministério. As dificuldades e os problemas que se levantam não querem dizer que não estamos na direção do propósito de Deus. Nem sempre porque as coisas não estão favorecendo, ou porque tem adversidades, quer dizer que Deus não está nesse negócio.

O diabo quer atrapalhar mesmo, mas o nosso posicionamento vai determinar onde nós vamos chegar. Não fique tímido, fale aquilo que Deus liberou, aquilo que Deus falou para você!

Muitas vezes, nos deparamos diante da pressão e essa pressão nos paralisa, mas nós vamos alcançar o mundo. Nada vai impedir que se cumpra a palavra que Deus liberou para esse ministério. Jesus, diante da adversidade, se levantou e acalmou a tempestade. Isso para chegar do outro lado da margem, com o propósito de alcançar uma vida, uma pessoa.

Uma vida é importante. Essa igreja existe por causa de vidas, por causa do seu familiar que você vai trazer para esse lugar. Se a igreja está bonita, vai ficar melhor, porque o propósito disso é alcançar vidas.

Se  pessoas estão morrendo e indo para o inferno, Jesus para tudo e vai para o outro lado. Ele fez isso porque tinha um homem sofrendo e esse homem vivia nos sepulcros, estava possesso por uma legião de demônios. Ele parou toda a Sua pregação para uma multidão e foi para o outro lado da margem. Quando Ele chegou, lá estava um homem sofrendo muito e, logo ao desembarcar, veio ao encontro de Jesus.

Que vida miserável! Ninguém dava valor a esse homem, ele vivia em condições miseráveis, mas, mesmo assim, Jesus parou tudo para atendê-lo. Nós sabemos o decorrer dessa história. Esse homem foi liberto. O mais interessante é que através de uma transformação espiritual e física as pessoas puderam ver o que Jesus fez. Em perfeito juízo, depois de curado e liberto, as pessoas olharam, temeram e ficaram assustadas com tanta transformação naquela vida.

Jesus é aquele que liberta. Não importa a situação e o quadro que a pessoa esteja, Ele veio para que aqueles que creiam tenham vida e vida em abundância. Nós, a igreja, só precisamos pregar, abrir a nossa boca, porque Jesus vai se revelar para as pessoas através das nossas vidas.

Aquela pessoa que ninguém dava nada, Jesus deixa tudo e atravessa a margem para alcançá-la. Deus está enriquecendo você para alcançar vidas, não é para você ficar mais bonito, mais rico, é para alcançar vidas. Não esqueça que esse é o alvo de Deus!

Vidas precisam ser alcançadas e libertas. Assim como Bud e Jan saíram dos EUA e, independente das tempestades, deram a vida para nos alcançar. Glória a Deus por isso, porque esse é o objetivo final, vidas estão sendo alcançadas. Ainda sobre a passagem de Marcos 4, quando aquele homem possesso ficou perfeito e livre de toda opressão, olhou para Jesus e disse: “Deixa-me ir com você”. Porém, Jesus disse: “Vai para tua casa e anuncia o que o Senhor te fez e como teve compaixão de ti”. Ele foi e anunciou e todos ficaram admirados com o que Jesus fez na vida daquele homem.

Nós somos alcançados para alcançar outros. Aqui, o plano de expansão de Jesus está acontecendo. Você tem que alcançar o seu vizinho, sua família… Alguém vai alcançar a Ásia, a África. 

Você precisa repartir daquilo que você tem. Aquele homem queria estar perto de Jesus, mas Ele disse: “Você tem uma missão”. 

Sua vida precisa alcançar pessoas. A Palavra de Deus é poderosa e ela precisa estar na nossa boca. Deus só quer uma disposição, um coração!

Nós precisamos demonstrar Jesus Cristo para as pessoas, porque vai ser inevitável que a expansão aconteça. Aquele que é curado e liberto não consegue se conter, tem que compartilhar o que Jesus fez e, quando isso acontece, a expansão também acontece.  

*Trecho da mensagem do dia 25 de Agosto no Culto de Celebração especial do Dia Verbo da Vida de Missões.
Compartilhe

Postagens Relacionadas

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada