X
Menu
X

Missões é diversidade

por Aliny Gaudard
(Graduada na Escola de Missões Rhema)

Deus colocou um amor por nações em meu coração e, desde cedo, pude perceber um desapego. Para alguns poderia até parecer ausência de raízes, mas já eram sinais do “Ide” latente e pulsante que até hoje carrego no peito.

Ao longo da minha caminhada eu conheci um oceano que se chama Jesus, um amor que é o puro e genuíno. Esse amor me conduziu e me mostrou o real significado de nações: algo muito além de um lugar geográfico. Nações são povos, costumes, culturas, histórias de vida…. Nações me remete à diversidade na unidade, a unidade da raça humana, que eu particularmente gosto de pensar nela também como o corpo de Cristo. E a diversidade… Ah, a diversidade é a minha parte favorita. Ela se expressa em inúmeros níveis. Até gêmeos univitelinos são diferentes, imagina o resto da humanidade!

Gosto de pensar na diversidade como cores, inúmeras cores de muitos tons diferentes que Deus criou quando pintava um grande quadro. Nações são pessoas diversas, nem sempre representadas por uma bandeira, uma localização geográfica ou um idioma, mas por suas características.

Pensar que Deus nos fez únicos e diferentes para que toda a diversidade seja alcançada, pelo corpo de Cristo (também diverso), é algo que realmente faz meu olho brilhar.

Você já parou para pensar sobre isso? Sobre o propósito da diversidade e como ele se relaciona com pessoas (nações) a serem alcançadas? Eu creio que o real sentido do “Ide” se estabelece em nós quando, ao ouvirmos falar sobre nações, a primeira imagem em que pensamos é composta de rostos… Expressões faciais, mais do que idiomáticas, mais que mapas. Que o nosso coração continue a queimar, a cada dia mais, pelas nações, que são de carne e osso.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

Mais uma reunião do nosso “Clube Missionário” O ministério da reconciliação Primeiro Encontro Missionário realizado pela Secretaria de Missões A sua maior missão Ore pela Igreja Perseguida Vocação Missionária A Importância do Treinamento ONG Baluarte: Marcos Freire, Jonnes Queiroz e Leide Andrade nos enviam notícias sobre o projeto na África
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada