X
Menu
X

Obedecendo leis

Por Thiago Garcia

(Integrante da diretoria do Ministério Verbo Da Vida)

Estamos vivendo em um tempo onde muitos valores estão invertidos. Hoje as pessoas tentam relativizar tudo. O que é certo para uns pode não ser mais para outros. Quem é que tem autoridade de fato para dizer o que é certo e errado? Será que é a lei do nosso país?

Anos atrás o adultério era considerado um crime. Ou seja, a nação considerava aquilo como um erro, um equivoco. Mas hoje o adultério não é mais um crime. Então, se tornou uma conduta aceitável.

Em Romanos 2. 11 – 15, Paulo fala que o judeu que erra perante a lei, peca. Mas o gentio que, mesmo sem aquela lei, transgride aquela norma da lei que está gravada no coração de cada ser humano, acaba sendo considerado como pecador também.

É interessante porque a Bíblia nos mostra que no coração de cada um de nós existe uma lei gravada. Os judeus eram um povo, os gentios outro. Os judeus tinham o seu próprio ordenamento, suas próprias legislações. Os gentios não tinham essa mesma organização social. Mas o interessante é que Deus está dizendo que o que é certo para um, é certo para outro. Quem faz certo em um lugar, faz certo em outro lugar também. E quem erra em um lugar erra no outro também.

Quando penso nessa lei que está gravada no coração de cada um de nós, lembro da norma hipotética fundamental do direito. Porque no fundo do nosso coração nós sabemos o que é certo e o que é errado. Não precisa necessariamente de um artigo de lei para te dizer se aquela conduta é certa ou é errada.

Você mesmo já sabe o que é certo e errado. Eu não preciso te dizer. Não precisa um pregador vir te dizer. Nem mesmo precisa uma lei vir dizer.

Gosto de um exemplo que o Pastor Humberto fala. Ele diz que as pessoas chegam a ele e perguntam: “Pastor, posso fazer tatuagem? Posso colocar um piercing?”, mas ninguém chega para ele para perguntar se pode usar desodorante. Por quê? Porque todo mundo sabe que precisa usar desodorante (pelo menos deveria).

Claro, cabe a nós do direito explicar a vocês as condutas que são adequadas e que não são. Mas isso não deve ser novidade para você cristão. Não precisamos insistir tanto nesse tipo de explicação, porque você já tem em seu coração a certeza daquilo que é certo e daquilo que é errado.

Paulo nos diz que além da lei, há um testemunho. Não é o testemunho que diz a você o que é certo e errado, mas o testemunho faz o parâmetro entre o que você quer fazer (pensa em fazer, está fazendo ou fez) e aquilo que a lei que está gravada no seu coração diz.  Esse testemunho é formado pelos seus pensamentos e a sua consciência. Os meus pensamentos e a minha consciência fazem a comparação entre a atitude que se propõe e aquilo que já está gravado no coração.

Nós não precisamos de testemunhos ou acusadores de fora. Você mesmo já tem a capacidade de se ajustar naquilo que é certo.  Sem que ninguém diga se aquilo é certo ou errado para você. A Palavra de Deus já traz pra nós, essa regra é absoluta, e está acima de todo nosso ordenamento jurídico. A

Palavra de Deus está acima das leis naturais e da nossa Constituição Federal. Está no topo da pirâmide.

 

Compartilhe

Postagens Relacionadas

Escola Dominical focou na Excelência de Deus em nós A excelência vem de Deus A Palavra de Deus é a base Priorizar a Palavra de Deus foi a exortação de Thiago Garcia no culto de domingo à noite Lançamento de uma nova etapa da construção e ensinamentos sobre cidadania foram destaques no Culto de Celebração Quando a oração perde o seu efeito Precisamos Exercer a Nossa Democracia Cidadania e a colheita dos últimos dias
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada