X
Menu
X

Seja inspirado pelo Espírito

Por Beto Gomes

*Trechos da mensagem do dia 17 de Novembro na Conferência de Música Rhema 2018

Não podemos pensar que já temos recebido tudo de Deus, pois ainda temos muito mais para receber. O desejo de Deus é que venhamos a seguir o fluxo da inspiração dEle dentro de nós.

A inspiração é própria do Espírito de Deus. Onde há unção, é porque a inspiração foi seguida.

Nós podemos provar da inspiração dentro nós através do Espírito de Deus. Ele trouxe para dentro de nós todos os pertences e valores da vida de Deus. Deus tem níveis de glória maior para conhecermos, mas, isso não depende apenas de dEle. Nós devemos cooperar para isso.

Existe uma vontade geral de Deus para toda a humanidade, essa é que os homens recebam JESUS como salvador das suas vidas e vivam em submissão e obediência. Mas, existe uma vontade individual. Nem todos são chamados para o ministério de música, mas, graças a Deus, alguns foram chamados para isso.

Existe um poder dentro de você, e é proveniente do Espirito de Deus. Por isso não podemos basear nossa vida na carne. Não podemos basear nossas vidas nos sentidos. Temos uma aliança de inspiração. Deus soprou sua vida dentro do homem. Temos o Seu Espírito, Sua vida, temos os sopros de inspiração.

 O que devo cantar e tocar? O Espírito Santo pode te inspirar a cantar uma canção. Eu faço parte de uma nova aliança, uma aliança inspirada por Deus.

A palavra “inspiração” significa “sopro de Deus”. Ele soprou o folego dentro do homem e o homem recebeu a vida de Deus. Quando Adão pecou, o homem perdeu isso, mas Jesus, a Palavra, se fez carne e habitou dentro de nós, cheio de graça e verdade. Obedeceu ao Pai e ao Seu propósito.

Todo aquele que reconhece o sacrifício de Jesus, sai de um lugar de inconsciência para um lugar de clareza.

O espiritual deve ser natural para você. Você é um espírito, recebeu vida no seu espírito e lá o Pai sopra constantemente para que você vá ao centro da Sua vontade.

Se você tem o Espírito Santo habitando dentro de você, não resista a inspiração dEle. É mais fácil você seguir esse fluxo, porque dentro de você tem um sopro.

Quando entendermos a esse respeito, as coisas mudarão. O Espírito Santo de Deus, que está dentro de nós, nos impulsiona a viver Sua vontade. Nesse entendimento, você canta como nunca, toca como nunca… O Espírito por inspiração pode te levar a fazer coisas que você nunca planejou anteriormente.

Nossa mente foi habituada a ficar no natural, mas, quando renovamos nossa mente com a Palavra, servimos a Deus com alegria. Quando renovamos nossa mente, servir a Deus não é mais pesado.

Se nós não cultivarmos esse tipo de comportamento, servir a Deus perde o sentido, porque Deus não quer que o sirvamos de maneira forçada. Ele quer que você o sirva com alegria, se entregando completamente. É aí que a graça opera. Onde há inspiração, a graça está disponível!

Uma vida inspirada faz com que você cante e toque diferente. Quando você segue a inspiração do Espírito Santo, às vezes um sofejo que você dá, mesmo sem letra nenhuma, debaixo de inspiração, pode livrar pessoas. Uma vida inspirada levará pessoas a se arrependerem.

Quando você fluir pelo Espírito, a unção fluirá através de você, jugos serão despedaçados e pesos cairão.

 

Paulo falou em Efésios 5.18, “não vos embriagueis com vinho, mas, enchei-vos do Espírito. Se encher do Espírito Santo, levará você a viver inspirado.

Quanto mais você se encher do Espírito, mais sensível as coisas do Espírito você fica. Antes mesmo do culto começar, você receberá direções do Espírito.

Ninguém pode levar uma pessoa para um lugar que ela nunca esteve. Em Deus é assim. Como nós queremos conduzir a congregação no nível de rendição, se nós mesmos não estamos nesse lugar? Se nem devocional com Deus nós temos?

Devemos nos encher do Espírito Santo para que o poder flua livremente e Ele possa liberar na congregação, aquilo que Ele deseja liberar.

Você não vai cantar o que não conhece, você vai cantar o que você está vivendo. Chegarão dias de cumprimos o ministério que o Senhor tem nos confiado com graça, unção e poder.

O que diferencia a nossa música, da música tocada no bar, é a vida, o poder, e a unção.

A música tocada no bar não alcança a alma de uma pessoa, mas, a da igreja sim. Por causa de uma pessoa ungida, que segue o fluxo da inspiração de Deus, pessoas serão tocadas.

O Espírito Santo quer usar as suas mãos, sua voz. Ele quer fluir através de você e te usar como ferramenta para que pessoas sejam edificadas.

 

Postagens Relacionadas

Ana Diniz estará em nossa igreja para lançar o seu novo CD Tudo em comum: Esse foi o tema da nossa Conferência de Música Rhema 2018 Mantenha uma adoração com inteireza de coração Treinamento de música, com Marty Blackwelder, reuniu cerca de 300 pessoas
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada