X
Menu
X

Última noite do JPN trouxe programação especial, honra e unção profética

Sábado à noite, costumeiramente, o JPN chega ao seu ápice. Nesta edição não foi diferente, pois desde os seus primeiros instantes, a noite de hoje,  já dava sinais do grande mover que aconteceria. A partir do momento que Marcos Freire ministrou o louvor, assim  que os primeiros acordes foram dados a unção tornou-se palpável. Daí em diante, o dom profético – que está sobre a vida dele – fluiu trazendo novas direções para muitos dos presentes, os quais, em sinal de obediência, ergueram os seus calçados e consagraram os seu passos.

Dando continuidade, foi apresentado o especial que levantou um clamor pela nação brasileira, avivando todos os JPN’s presentes no evento. O especial mostrou todas as regiões do país trazendo à tona o clamor individual, por cada região, e fazendo queimar no coração deles o desejo do “ide”, para a propagação do evangelho nas nações e também no território Brasileiro.

Após esse momento, todos foram contagiados pela alegria dos nossos irmãos africanos que juntos com Marcos Freire dançaram ao som de uma música típica angolana, novamente sendo envolvidos pela unção profética do irmão missionário. 

Mas não foi só isso, essa noite também foi uma noite de honra. Honra a quem o Senhor confiou a visão do JPN na sua gênese. O Pr. Noberto Cunha e sua esposa Jozinete, foram homenageados pela liderança dos jovens e do evento. Ele por sua vez, honrado pela homenagem, a dedicou para Mama Jan Wright, que também se fez presente no evento. 

Seguindo a programação do culto, o irmão José Brás, jovem angolano que ficou bastante conhecido, em nosso meio, através do seu testemunho de fé  e confissão da Palavra, ministrou sobre como a confissão, trouxe à realidade as coisas que o Senhor lhe confiara. Ele mostrou que em cada passo que ele dava, havia uma instrução do Espírito, pois ele sempre foi intenso na declaração da Palavra. O jovem Brás é um exemplo de fé, cuja história é bastante celebrada e compartilhada pelo apóstolo Guto Emery, 

“Você não precisa saber tudo, mas aquilo que você receber corra com isto” disse ele. 

Ele compartilhou, também, suas experiências no campo missionário, no período em que esteve na Índia, de como a realidade daquela nação mostrava algo aos seus olhos naturais, mas que aos olhos da fé já estavam sendo mudadas, pois o próprio Pai o mostrava que aquela realidade poderia e seria mudada. 

Ao final da sua mensagem ele avivou novamente o os JPN’s  para o ide e o cumprimento efetivo do chamado missionário, dizendo: ” Eu vou, e você?”

Porém, esta noite ainda estava longe do seu fim, longe de cessar o mover do Espírito. Então o Pr. Carlos Junior subiu ao altar junto com Marcos Freire,  e juntos entoaram um canto que clamava pelo queimar do Espírito. O pastor falava em meio aos gritos de glória sobre importância de honrar a unção, dizendo que “a unção que se honra, é a unção que se recebe”. Na oportunidade ele compartilhou várias experiências de honra as quais trouxeram resultados àqueles que creram.



“Você está pronto para ser Jesus para as nações?” indagou ele. 

Falava ainda do exemplo de Eliseu que, quando fora questionado por Elias sobre o que desejava, ele respondeu que desejava a unção dobrada que estava sobre a vida dele. Sobre as suas experiências de fé ele disse que o Senhor o falava que nunca responde à altura do diabo, que Ele restitui tudo que o diabo tira, o Senhor restituiu em dobro, isto é dupla honra. 

“No dia que você libera honra aqui na terra, o Senhor libera honra do céu” falou o ministro. 

Mover, unção e muita Palavra junto com profecia marcaram esta última noite do JPN 2019, nossos jovens vão para casa com uma nova porção vinda do trono de Deus que fluiu, através dos ministros, nesta noite. Para fechar com chave de ouro, o Pr. Perilo Borba apresentou a todos a data do JPN 2020 e os ministros já confirmados, entre eles: Juciê Arcanjo, missionário no Japão e João Paulo, líder do movimento Céu na Terra, da cidade de Brasília.

O Jovem para as Nações de hoje contou ainda com uma sessão de autógrafos com Simon Potter durante o lançamento do seu mais novo livro “Ushuaia”. Feito isso, foi encerrada mais uma noite de avivamento e muita transformação na vida de todos que participaram desse momento.



Continue acompanhando a cobertura do evento nas nossas mídias sociais!
O JPN continua amanhã, a partir das 9h30.

Clique aqui e confira a ministração de José Brás, na íntegra!
Você também pode conferir a mensagem de Carlos Júnior clicando aqui!

Compartilhe
Tags

Postagens Relacionadas

Encerramento do JPN Brasil: Manhã fervorosa e de mensagens impactantes Há poder na compaixão Aprenda a lidar com a  humilhação Avance com a Palavra, Deus conta com você! Honre a unção JPN desta manhã teve ensinamentos sobre oração, cura e sexualidade Prepara-se e entregue-se ao chamado de Deus JPN 2019: abertura trouxe ativação de chamados e mover do Espírito
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada