X
Menu
X
Verbo da Vida - Zona Sul
Jardim Paulistano - Campina Grande - PB

Conhecimento X Revelação


13001043_951608598288451_5060507523812721805_nLuis Felipe

Líder do departamento de Jovens – Jardim Paulistano


Não é de se admirar que atualmente as pessoas no meio cristão confundam o que é de fato o conhecimento do que é a revelação, visto que elas estão totalmente interligadas, mas não são a mesma coisa. Tudo o que Deus quis fazer do homem conhecedor Ele colocou em Sua palavra, logo, devo expor aqui também outro conceito para chegar a uma conclusão, o conceito da informação.

A informação nos atualiza, nos deixa por dentro de um determinado assunto por um tempo, nos informa sobre fatos, porém, o conhecimento nos liberta, ele afeta diretamente as nossas vidas por toda a nossa existência, se não transforma a nossa vida, então não é conhecimento.

     A palavra revelação vem do grego, traduzida para nós como uma “exibição” ou um “desvendamento”, dando ideia de trazer à luz aquilo que estava oculto, ou seja, é um meio usado por Deus para transmitir expressões. Deus revelou o Seu caráter a nós.

     Lembro da época em que as pessoas detinham negativos e “revelavam” as suas fotos de uma imagem turva e pouco esclarecida. É exatamente dessa forma que as revelações se aplicam na vida e no conceito cristão, elas nos esclarecem sobre fatos, assuntos e argumentos, os quais, estavam de certa forma em um “negativo” de maneira que não se podia entender bem.

     Devemos entender que o Espirito Santo também é o autor da bíblia, e que Ele esteve a inspirar os escritos pelos homens lhes dando clareza e discernimento sobre o que estavam a transcrever, sendo assim, a opinião da bíblia também é a opinião do Espirito e, tudo o que se conhece veio por meio de revelação, assim toda e qualquer revelação ou suposta “inspiração” deve conter uma base bíblica segundo os preceitos elementares da Palavra.

     Entendendo assim que a revelação veio antes do conhecimento, para inspirar os homens a serem tudo o que a bíblia um dia diria sobre eles e nos guiar quanto a compreensão da existência da humanidade.

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>