X
Menu
X
Verbo da Vida - Zona Sul
Jardim Paulistano - Campina Grande - PB

A Generosidade de Deus

generosidadeSérgio Magno Castor

Departamento: Homens

JARDIM PAULISTANO – ZONA  SUL

Nos dias atuais, observamos que cada vez mais as pessoas estão buscando os seus próprios interesses. Fato esse que podemos comprovar em toda a sociedade. Inclusive entre as pessoas que se encontram voltadas para a Palavra de Deus, ou seja, dentro das congregações, contrariando os ensinamentos que o próprio Deus já tem demonstrado através de toda a sua generosidade para com a humanidade.

É exatamente neste ponto que abordaremos e tentaremos, em poucas linhas, discorrer sobre a generosidade de Deus. Observamos desde o livro de Gênesis o quanto Deus tem sido generoso com a humanidade uma vez que o mesmo não deixou faltar nada para Adão e Eva. Entre outras revelações, Gênesis mostra a criação do mundo e como Deus pensou em cada detalhe para que o ser humano fosse bem assistido em todo tempo. Entretanto, o homem pela sua ambição foi destruindo algumas coisas criadas por Deus. A Bíblia mostra que por esta ambição e concupiscência da carne Adão e Eva comeram do fruto que não poderiam comer e com isso desobedeceram a Deus. Morreram espiritualmente e foram afastados da comunhão com Deus, e consequentemente toda a humanidade. Porém, como podemos ver através de toda a sua Palavra, Deus sempre se mostrou generoso e uma das maiores provas de sua generosidade foi o plano de salvação traçado por Ele para voltar a ter comunhão com o homem. Nesse plano de amor, Deus colocou como propósito a entrega de seu próprio filho como cordeiro santo e imaculado para pagar o preço por toda ambição e pecado que o homem cometeu.

João 3:16,17

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.           

            Observamos nestes versículos o quanto Deus foi e é generoso conosco. Homem algum, naturalmente falando, teria coragem de dar seu único filho para morrer por toda uma humanidade cheia de corrupção, vícios, adultérios e com pessoas vivendo uma vida cheia de si mesmas. Só um Deus tão maravilhoso poderia enviar seu único filho, não para julgar, mas para demonstrar o quanto Deus é generoso. O quanto é longânimo e quer que o homem seja salvo de sua ambição e pecados para ter uma vida de paz e alegria em sua presença.

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *