X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Zona Sul - Campina Grande - PB

O Homem Generoso

sergio-magno

 

Sérgio Magno Castor

Departamento: Homens (Jardim Paulistano)


 

25 Um dia um especialista nas leis de Moisés veio pôr à prova os ensinamentos de Jesus, fazendo-Lhe esta pergunta: “Mestre, que precisa um homem fazer para ir para o céu? “

 26 Jesus respondeu: “Que diz a lei de Moisés a este respeito? “

 27 Ele respondeu: “Diz que você deve amar ao Senhor seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de toda a sua força, e de toda a sua mente. E deve amar ao seu semelhante como ama a você mesmo”.  28 “Certo! ” disse-lhes Jesus “Faça isto e você viverá! “ 29 Mas o homem queria justificar ( sua falta de amor por alguns tipos de pessoas ), e por isto perguntou: “Que semelhantes? ”  30 Jesus respondeu com uma história: “Um certo judeu que fazia uma viagem de Jerusalém para Jericó foi atacado por bandidos. Estes tiraram suas roupas e seu dinheiro, bateram nele e o deixaram caído meio morto ao lado da estrada.  31 Por acaso, passou um sacerdote judaico; quando ele viu o homem caído ali. atravessou para o outro lado da estrada e passou de longe. 32 Certo judeu ajudante do templo fez a mesma coisa; também deixou o homem caído ali. 33 Porém veio um desprezado samaritano, e quando o viu, sentiu grande pena da vítima.34 Ajoelhando-se ao lado dele, o samaritano passou-lhe remédio nas feridas e fez curativos. Depois colocou o homem em seu jumento e foi andando ao lado dele até chegarem a uma hospedaria, onde cuidou dele durante a noite. 35 No dia seguinte entregou ao dono da hospedaria duas moedas e lhe pediu que cuidasse do homem. Se a conta dele for além disso, disse ele, eu pagarei a diferença na próxima vez que passar por aqui. 36 Ora, qual destes três você diria que foi o semelhante da vítima dos bandidos? ”
 37 O homem respondeu: “Aquele que mostrou alguma compaixão”. Então Jesus disse: “Sim, agora vá e faça o mesmo”.

Lucas 10:25-37 (Tradução: Viva)

Falar do homem generoso e não referenciar o “bom samaritano” seria uma grande injustiça, pois, observamos nele alguns pontos de extrema relevância para que seja considerado generoso.

Ao ler os versículos que tratam da história do bom samaritano, vemos que havia um homem questionando a Jesus quanto a herdar o reino dos céus, Jesus com toda a Sua sabedoria o mostra através de uma parábola como o homem deveria agir para o acontecimento questionado. A parábola do “bom samaritano” nós mostra que independentemente da posição que ocupamos na sociedade, podemos e devemos nós importar com os outros, demonstrando amor, compaixão e generosidade. Vemos que quando aconteceu o roubo e o espancamento com o judeu, algumas pessoas, com certa posição social passaram ao seu lado, porém não lhe deram a menor atenção, demonstrando assim o grande desrespeito e falta de amor pelo seu próximo. Neste mesmo tempo, passando pelo mesmo lugar, este samaritano de pronto presta socorro e o leva a uma hospedaria. Fazendo-nos chegar as seguintes conclusões:

Primeiro ponto para ser um homem generoso: Não devemos selecionar a quem iremos ajudar, quer seja alguém de religião diferente, de sexo oposto, ou raça diferente. Deus não nos vê exteriormente, mas perscruta os nossos corações, logo, devemos ajudar a todos aqueles que necessitam de cuidado e ajuda, independentemente do que possamos achar a respeito do outro.

Segundo ponto para ser um homem generoso: Dispensar tempo de qualidade com quem está precisando de nossa ajuda, isso fará toda diferença. Muitas vezes, vemos que quando precisamos de ajuda gostaríamos que pessoas nos ajudassem de uma forma eficaz, presente, o que infelizmente na maioria das situações não acontece. Quantos homens e mulheres hoje estão em asilos, simplesmente porque aqueles que eram para estar junto e prestar uma melhor assistência, não tem tempo para estar com eles e fazer com que se sintam amados. Nesta parábola Jesus fez questão de mostrar, que o bom samaritano deixou seus próprios interesses de lado para socorrer um homem que nem o conhecia, levando-o a uma hospedaria, ficado a noite toda com ele, pagou a conta e ainda o deixou tranquilo com relação a gastos futuros, dizendo que caso precisasse, ao voltar, acertaria o restante.

E o terceiro ponto que quero destacar é, que em nenhum lugar, lemos o nome deste “bom samaritano”. Esse fato entre em linha com o que diz o texto bíblico que está em Mateus 6:3-4: “Mas quando vocês fizerem um favor a alguém, façam-no secretamente – não contem à sua mão esquerda aquilo que a sua mão direita está fazendo. E o seu Pai, que conhece todos os segredos, recompensará todos vocês”. Muitas pessoas querem ser “generosas” porque estão sendo vistas por alguém de influência, ou simplesmente porque utilizarão isso para se engrandecer diante de alguém. Entretanto, nesta parábola Jesus mostra que o samaritano não saiu falando para os quatro cantos que tinha ajudado a um judeu, na parábola não fala nem se o judeu, após isto, o agradeceu, contudo o que nos foi revelado é a intenção generosa do coração do bom samaritano, sendo esta intenção que Deus certamente vê.

Então amados, que possamos praticar estes três pontos: ajudar a quem precisar, dispensar tempo de qualidade e não querer se destacar por ter ajudado a alguém, simplesmente porque toda honra e toda glória sejam dadas a Deus, firmando estes pontos em nosso coração caminharemos para sermos homens e mulheres que agem através do amor de Deus com muita generosidade.

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>