X
Menu
X

Avivamento: uma questão de vida ou morte

Orange Buoy on Grasspor Maylaine Nierg

“Porque toda terra se encherá do conhecimento da glória do Senhor, como as águas cobrem o mar” (Hc 2:14)

Avivamento se tornou a palavra da “moda” no meio Cristão. Especialmente entre os jovens. Diversos movimentos estão se espalhando pelo Brasil e pelo mundo em prol desse tema, nos quais pessoas clamam por algo novo e impactante da parte do Senhor. Mas será que a nossa motivação para esse AVIVAMENTO está devidamente ajustada ao verdadeiro propósito de Deus?

Nos primeiros episódios da descida do Espírito Santo, no livro de Atos, podemos observar que o avivamento ocorria juntamente com salvação de almas (Atos 2:41). Nesse contexto, percebemos que derramamento do Espírito está intimamente ligado à salvação.

A bíblia descreve, no livro de Joel 2:20, que nos últimos dias o Senhor derramaria de seu Espírito sobre toda a terra, e que os idosos teriam sonhos e os jovens visões. Mas a bíblia também relata que nos últimos dias, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriaria (Mt. 24:12).

Trazendo para os dias atuais, podemos dizer que esses dois temas estão relacionados. Se por um lado a iniquidade aumenta e enrijece o entendimento de muitos, por outro o Espírito Santo vem sobre aqueles o buscam, aquecendo os corações e promovendo um derramar não somente da sua glória, mas também do seu amor.

Avivamento é conhecimento da glória de Deus, por meio do Espírito Santo. E quando Ele se revela, olhos são abertos, corações são quebrantados e as mentiras do diabo caem por terra.

Pessoas estão trilhando caminhos de morte. Perecendo no caos interior de um coração petrificado pela maldade humana.  Nesse cenário, os filhos de Deus devem se levantar e clamar como Habacuque: “…Aviva a tua obra no meio dos anos, ó Senhor, e no meio dos anos a faze conhecida” (Habacuque 3:2).

O verdadeiro sentido de avivar é passar esse amor e essa vida adiante. Por isso costumo pensar que avivamento é uma questão de “vida ou morte”.

Se você não tem interesse por almas, se seu coração não se inquieta em vê-las indo para o inferno, então não faz sentido clamar por avivamento. Eu entendo que para alguns isso parece óbvio. Mas não é.

Muitos crentes estão isolados dentro da igreja clamando por mais de Deus, enquanto pessoas estão sedentas lá fora esperando por esse amor. É muito fácil nos alienarmos no nosso mundo “gospel”, e encararmos o avivamento como um simples modismo. Mas não é essa a vontade de nosso Pai. O que Deus quer é injetar sua vida naqueles que estão perdidos. O que Ele quer é que o nosso coração queime de amor pelo próximo.

A intenção do Senhor é nos avivar para fazermos obras maiores do que as que Jesus fez aqui na terra. Não para nossa exaltação. Mas para que o mesmo amor que nos alcançou se propague para mais e mais pessoas.

Avivamento é estabelecer o Reino de Deus na terra. É dar vida aos corações.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

Conhecendo a bondade de Deus Uma igreja missionária Uma igreja missionária Alcançando um galardão completo Santidade A mensagem da cruz – Noite A mensagem da cruz – Manhã Usufruindo daquilo que nos pertence
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.