X
Menu
X

Áudios

Crendo, falando e festejando
O espírito da fé envolve crer e falar. Não são nossas próprias forças ou nossas lágrimas que movem a mão de Deus. O justo deve viver pela fé. Sendo assim, o que irá mover a mão de Deus é crer, falar e se alegrar celebrando a vitória. A Palavra de Deus é mais poderosa do que qualquer outra arma conhecida, e a celebração é a atitude de quem recebeu o que pediu antes mesmo de ver. Viva pela fé, fale a Palavra e festeje com muita alegria para viver os melhores dias sobre a terra.
Conhecendo a bondade de Deus
Nessa ministração vamos conhecer, que os desígnios de Deus são bons. Só conhecendo por experimentar a bondades de Deus é que vamos crescer na Salvação. Conhecemos a bondade de Deus através de Cristo, que é a bondade de Deus encarnada.
Conhecendo a bondade de Deus
Nessa ministração vamos conhecer, que os desígnios de Deus são bons. Só conhecendo por experimentar a bondades de Deus, é que vamos crescer na Salvação. Conhecemos a bondade de Deus através de Cristo, que é a bondade de Deus encarnada.
Cumprindo o Propósito
Assim que nascemos novamente em Cristo, temos a nossa natureza e mentalidade transformadas. A Palavra diz que precisamos renovar o nosso entendimento para que possamos viver a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Há uma obra que o Senhor quer realizar em nossas vidas e através das nossas vidas, mas para que isso aconteça é necessário que não andemos como outrora andamos. Não podemos viver possuindo uma mentalidade natural aquém daquela que Cristo conquistou para nós. Uma vez mortos para nós mesmos revividos e recriados por Ele, precisamos viver a vida e que nos foi dada.
Solucionadores de problemas
Muitas vezes Deus irá nos mostrar nosso fim, mas não os caminhos que trilharemos até lá. Nos mostrará a terra prometida, mas não os Gigantes. Devemos então saber que a Palavra de Deus para o fim só poderá deixar de ser cumprida se o inimigo conseguir roubar nossa identidade. Aquilo que Deus disse que você é, somente você poderá decidir não ser. Nesta ministração iremos aprender que, as adversidades podem ser excelentes oportunidades de nos prepararmos para o lugar que Deus tem para nós. Somos luz do mundo e sal da terra. Somos solucionadores de problemas, provados e aprovados em Cristo.
Solucionadores de problemas
Muitas vezes Deus irá nos mostrar nosso fim, mas não os caminhos que trilharemos até lá. Nos mostrará a terra prometida, mas não os Gigantes. Devemos então saber que a Palavra de Deus para o fim só poderá deixar de ser cumprida se o inimigo conseguir roubar nossa identidade. Aquilo que Deus disse que você é, somente você poderá decidir não ser. Nesta ministração iremos aprender que, as adversidades podem ser excelentes oportunidades de nos prepararmos para o lugar que Deus tem para nós. Somos luz do mundo e sal da terra. Somos solucionadores de problemas, provados e aprovados em Cristo.
Seja para o Outro
Muitas vezes, em nossos relacionamentos, criamos uma ideal daquilo que esperamos das outras pessoas. Quando, porém, nos deparamos com as diferenças entre o modelo que idealizamos e as pessoas com quem nos relacionamos, temos nossas expectativas frustradas. Nesta Mensagem, Renato Gaudard nos mostra a não projetarmos nossos desejos nas pessoas, mas sim nos tornarmos melhores para atendermos as expectativas dos outros.
O Amor nunca falha
O amor nos identifica como discípulos de Cristo e filhos de Deus. O amor é a solução para todo tipo de relacionamento, quando o praticamos de acordo com que a palavra nos diz (I Coríntios 13:4-7). Essa é a base do sucesso de todo cristão, a confissão e a prática. A palavra de Deus expõe a nossa realidade atual e nos confronta ao ponto de nos ajustarmos à realidade de Deus. Através do amor Deus reconstrói nossa história para alcançarmos uma nova vida.
Família completa no Amor de Deus
A compreensão de que somente o Amor (Agape) é o único que nos completa, desmistifica a dependência que o mundo ou as circunstâncias de que somos completos nos outros tipos de amor (Eros, Fhileo, Storge). Entendendo as características de cada um, e também que o Ágape já foi derramado em nossos corações em Romanos 5:5, somos enfim capazes de entender que Deus nos ama na mesma proporção que ama Jesus (Jo.17:23) e que já temos em nós está capacidade que nos torna plenos. Ainda aprendemos que, assim como na ressurreição de Lázaro houve a participação de Jesus, da família e dos discípulos. Nas áreas mortas em nossas famílias a Palavra (Jesus) continua trazendo vida, a Igreja (discípulos) continua retirando as ataduras que embaraçam o aflito e a família continua intercedendo e insistindo por aqueles que amam com Storge (Pertencimento). Não desistamos de nenhum membro da família onde Deus nos plantou!
A paternidade de Deus e o relacionamento Pais e Filhos
A Paternidade de Deus é um direito que o próprio Deus estabeleceu entre seus filhos. João 1:12-13, mos mostra que esse poder de ser feito Filho de Deus, está disponível para todos quantos escolhem por ele. E como filhos, nos tornamos herdeiros de uma herança poderosa conquistada na cruz por Jesus, a qual precisamos amadurecer na fé e aprender a desfrutar dessa nova realidade. Em João 3:18 a palavra nos ensina amar de fato e de verdade. Para que tudo vá bem, e para desfrutar dessa realidade de filhos de Deus na nossa família, na criação dos nossos filhos é importante lembrar, que a lei que rege o relacionamento de pais e filhos, é a mesma lei que rege o relacionamento cristão, a Lei do Amor. Ensino, disciplina, amor, boas maneiras e equilíbrio, são meios essenciais para obter sucesso na formação dos filhos. Lembrando sempre que, o maior exemplo para eles, é a prática daquilo que ensina. Através desses meios bem executados e alinhados à Palavra, obteremos honra e submissão dos filhos, papéis essenciais na vida e formação deles.