X
Menu
X

Débora Beatriz

O crescimento que vem de Deus
Deus ao criar toda a vida que existe, estabeleceu o processo do crescimento para cada ser vivo sobre a face da terra. Na vida espiritual não é diferente. A necessidade do crescimento é tão verdadeira como na realidade material. Essa verdade toca outra áreas da nossa vida, como a profissional, por exemplo. Para isso, o Senhor nos deu a Sua Palavra. A Palavra de Deus é Espírito e vida (João 4:34) e promove crescimento tanto  interior como exterior.
Ouvir ao Senhor, andar em alegria e vencer
Na presença do Senhor há plenitude de alegria. Esta presença, falando aos nossos corações, mostra a visão de Deus para nós. Ela nos coloca no centro da boa, agradável e perfeita vontade do Pai e nos conduz à vitoria dos desafios em alegria incessante.
Vencendo o erro
Nossos erros são empecilhos as estreias e inaugurações que ainda ha para acontecer. Deus não se detém nos erros, mas nos da uma segunda chance e nos chama para recomeçar e continuar. Devemos aproveitar as oportunidades de sermos corrigidos e treinados, buscar a ajuda daqueles que o Senhor levantou para cuidar de nos. Desta forma, seremos aperfeiçoados para realizarmos o que o Pai tem para nós.
Quem somos e o que temos
Nossa vida acontece dentro do cenário profético planejado pelo próprio Deus quando eramos uma massa sem forma no ventre de nossas mães. Entretanto, a realização do plano depende de entramos no Reino de Deus pela obra da cruz e exercermos nosso direito de justos andando na paz e na alegria do Espirito.
O temor do Senhor
O temor do Senhor é vida e devemos diligentemente conservá-lo. Ele nos faz prosperar como filhos e como igreja.
Perseverança para a estreia
Fomos criados a imagem e semelhança de Deus. Deus, durante a criação revela seu caráter perseverante. E Ele espera que ajamos e sejamos do mesmo modo. Temos a necessidade de preservar para frutificar e alcançar as promessas depois de termos feito a vontade do Pai. As estreias e inaugurações estão no final de nossa jornada de perseverança.
Sonhar os Sonhos de Deus O Agrada
Depois da travessia… Avivamento!!!
Atravessamos o rio e chegamos a outra margem para iniciarmos o tempo do grande Avivamento da igreja, do derramamento do Espírito sobre a terra.Este Avivamento começa/está dentro de nós quando nos conservamos a chave: adoração, santidade e temor.
O propósito da obediência
Deus, em toda a Sua Palavra, revela Seu amor pelo homem. Mas o que seria, para Deus, amá-lO? Em João 14:15 está escrito: “ Se me amardes guardareis os meus mandamentos” e no versículo 23 diz: “ respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra e meu Pai o amará, e viremos a ele e faremos nele morada.” Está claro que a expressão do amor é guardar a Palavra, o mandamento de Cristo. E guardar significa: obedecer, considerar e cumprir. Logo, a manifestação do nosso amor a Deus é a obediência.