X
Menu
X

amor

Plenos no amor de Deus
Plenitude significa completo, pleno ou cheio. É o estado daquilo que foi feito na totalidade, que atingiu a avaliação ou medida máxima. Deus nos criou para termos Relacionamento com Ele e entre nós. A força motora que nos faz ter relacionamentos se chama Amor. Porém não o Amor apenas em seu significado amplo da língua portuguesa mas o Amor de formas específicas como veremos no grego. Nesta ministração você irá entender que existem muitas formas de Amor e o objetivo e propósito de cada um, porém, somente um deles é capaz de nos completar.
Confiando em El Shaddai
Deus se apresentou a Abrão, Isaque e Jacó como Deus Todo Poderoso (Em Shaddai).Ele não mudou e permanece Onipotente, porém se manifesta nesta terra través da nossa fé. Êxodo 6:9 diz que os filhos de Israel não atentaram às palavras de Moisés sobre este Deus, porque estavam com o espírito abatido pela dura condição de escravidão (A mensagem). Se você ainda está carregando as “cargas do Egito”, mesmo após ter sido transportado do “Império das Trevas” para o “Reino do Filho do seu amor”, esta ministração irá te ajudar a se localizar em Cristo e saber que pode “Habitar no Esconderijo do Altíssimo".
Amados, de Gênesis a Apocalipse
O conhecimento de Deus e de Seu plano para a humanidade é uma revelação progressiva. Essa é uma das bases para entender melhor a Bíblia. O Novo Testamento deixa isso claro, por exemplo, quando Paulo fala, no capítulo 3 da carta aos Efésios, sobre a dispensação da Graça (Efésios 3:2) e do mistério (Efésios 3:9). Pedro chega a dizer, em sua primeira epístola, que os profetas da Antiga Aliança não sabiam quando iria se cumprir o Plano de Salvação que Deus reservou para nós, ainda que os anjos desejavam pesquisar e entender sobre essas coisas (1 Pedro 1:10-12).
Se não tiver amor
Aqueles que confessaram Jesus como Salvador e Senhor são filhos de Deus. Deus é amor e tem planos de paz e não de mal para nós. Enquanto estamos fluindo nestes planos estaremos sempre em contato com pessoas, quem está próximo pode nos magoar, mas devemos sempre manifestar o caráter de Deus que é o amor e perdão (1 Coríntios 13:3).
Os quatro amores dentro do casamento
Quando estudamos mais a fundo o significado da palavra amor na bíblia, encontramos quatro tipos de amor: Phileo: proporciona amizade e companheirismo. Storge: afeição e desejo de pertencer-se. Eros: busca uma ligação através de corpos e está ligado diretamente ao sexo. Todos esses três amores são naturais e essenciais, porém se não forem bem cultivados ou podados podem morrer ou crescer fora de controle. O principal Amor e mais fundamental é o Ágape, o amor do tipo de Deus, que não visa seus próprios interesses, amor que não morre e jamais acaba.
Perdão na família
Família é um lugar onde enchemos nosso tanque emocional. Onde o ambiente deve ser de paz, de companheirismo, de cooperação. Um ninho onde somos abastecidos para passarmos as aflições da vida com nosso tanque emocional cheio.Mas por ser a família o lugar onde mais temos intimidade e onde somos nós mesmos, também é o lugar onde podemos mais sofrer decepções e magoas.
Amor: O caminho para a Saúde Divina
Temos, em Deus, grandes promessas de saúde e vida para nossas vidas. Porém, como sempre, para cada promessa antecedem-se os princípios. Deus promete, na Velha aliança, ao povo de Israel, saúde divina. Êxodo 15.26  "Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus , e fizera o que é reto diante dos teus olhos, e deres ouvido aos seus mandamentos, e guardardes todo os seus estatutos, nenhuma enfermidade virá sobre ti, das que enviei sobre os egípcios; pois EU SOU O SENHOR QUE TE SARA."
Um plano de amor
João 3:16 afirma que Cristo é a prova que DEUS amou todos os homens. Em Romanos 3:23 mostra que apesar do pecado e falta de merecimento, o amor de Deus manifesto em Jesus promoveu justificação para todo aquele que crê. Ele nos substituiu, justificou, restaurou nossa condição de filhos e herdeiros, a fim de, produzirmos frutos de justiça 1 João 2:6.
Mulheres com propósito – Parte 3 – Eu com o outro
Depois de me conhecer eu consigo compreender também, o outro. Aprendendo a conhecer como ele se comporta, como age, coisas que gosta e que não gosta, seu tipo de temperamento e sua linguagem de amor e assim sou capaz de agir de forma eficaz em qualquer situação. Precisamos também nos atentar para as projeções que fazemos, possuímos dentro de nós idealizações, modelos de perfeição ideais para cada pessoa e projetamos nas pessoas que gostamos. Porém devemos nos conscientizar de nossas projeções e alcançar a realidade da outra pessoa, não podemos sobrecarregar ninguém com as nossas expectativas.
Manifestando o amor
O amor incondicional não levou em conta os nossos erros e pecados, foi ilimitado, um amor que não perdoa pela metade, mais um amor que nos perdoou totalmente. João 3:6, nos mostra o amor que devemos amar nossos irmãos, assim como Cristo nos amou. É importante que a igreja seja o sal e a luz deste mundo, pois quando Jesus andou em nosso meio, Ele manifestou este amor em ações suprindo a necessidade de cada um. É importante sermos a igreja viva de Deus nesta terra, e deixar a chama queimar, a ponto de atingir quem estiver ao nosso redor.