X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Fortaleza - CE

Conferência – Confira os Valores com Marcos Honório Junior

Nos dias 09,10 e 11 de dezembro de 2016 a igreja Verbo da Vida sede Benfica teve a honra de receber o ministro Marcos Honório Júnior em nossa Conferência Anual “Confira os Valores”.

Segue o resumo do que foi ministrado nesses 3 dias de muito conhecimento e amadurecimento:

conferencia-de-valores-1O ministro fez menção ao que Jesus falou sobre os fariseus, quanto suas práticas criteriosas, porém com seus corações desalinhados, zelavam por manter o copo limpo por fora e negligenciaram sua limpeza interna. Jesus disse que eles eram como sepulcros caiados, bonitos por fora mas cheios de podridão por dentro. Disse ainda que não podemos viver um evangelho de exterior, que tem aparência bonita mas não desfruta da verdadeira vida por dentro!

Quanto ao novo nascimento, disse que é claramente reconhecido por mudanças, o abandono da velha fome e suas concupiscências, passando a ter uma nova fome que é o anseio por Deus, o desejo por estar com Ele que é a nossa santa esperança e por isso a vontade de cumprir nossa chamada.

“O maior anseio do crente deve ser a busca incansável por Deus, e seu maior desejo é estar com o Senhor na eterna glória guardada aos filhos.”

Com a passagem de 1 Pedro 1.14, definiu obediência como a maior característica dos nascidos de novo, assim como a submissão ao Senhor.

“Não dá para ser nascido de novo e viver com as velhas paixões!”

Afirmou ser necessário que haja mudança de vida naqueles que agora possuem o Espírito de Deus habitando dentro de si, e acrescentou que não é normal continuarmos na práticas de velhos hábitos, uma vez que tivemos iluminado os olhos de nossos corações por meio da palavra de Deus.

O ministro expôs que santidade é algo que agrada Deus, afinal ele é Santo. Marcos Honório Júnior fez todos meditarem a respeito de muitos atributos de Deus, sua soberania, sua magnitude, seu poder, dentre tantos outros, fazendo menção do texto de apocalipse que fala dos vinte quatro anciãos e os quatro seres viventes diante de Deus, suas únicas palavras são “Santo, Santo, Santo!”, afirmou que isso o leva a entender que, o que mais chama atenção deles é a santidade de Deus. E mostrou a igreja que devemos ser santos, exatamente porque Ele é santo.

“Uma vez justificados pela graça, santidade torna-se nossa busca!”.

“Santidade é o atributo mais sublime de Deus, não podemos esquecer disso!”

“Justiça é dom, santidade é um alvo.”


Explicou que hoje em dia se tem cometido o grande erro de perder o foco da santidade, a tal ponto de não se ver tantas pregações nos púlpitos sobre a importância disso, e foi categórico quando afirmou que mesmo que pessoas não preguem sobre esse assunto, não podem tirá-lo da bíblia, que está escrito e que é importante para Deus.
Sobre o texto de 1 Pedro 1.17 explicou a importância das obras, que fomos salvos pela graça que há em Cristo Jesus e não por nossas obras, mas tão somente pela fé em Cristo Jesus, porém explicou que fomos salvo para andar nessas boas obras.

“Não fomos salvos por nossas obras, mas fomos salvos para as boas obras”.

Pastor Marcos expôs que não há obra alguma que o homem possa fazer para merecer a salvação, é uma iniciativa de Deus salvar o homem, e exemplificou falando de pessoas que vivem em lugares excluídos da sociedade e que ainda não tiveram acesso ao evangelho, afirmando que não há o que possam fazer para que sejam salvos, a não ser que Deus se manifeste a eles de modo sobrenatural, o fato é que jamais a salvação chegaria ao homem por seu desejo ou obra. “Salvação é uma ação da graça de Deus!” Por essa razão nenhum homem pode se gloriar e dizer que salvou a si mesmo.


“Não há nada que eu possa fazer para me salvar, mas uma vez salvo, tenho muita coisa para fazer!”

Para produzir equilíbrio falou que a graça jamais poderá operar tudo sozinha, antes devemos cooperar com a graça que nos salvou.

Em Tito 2.7-14 e Tito 3.7-8 e 14, mostrou à importância de se andar nas boas obras que Deus preparou de antemão para o seu povo, e explicou que as obras demonstram que vivemos segundo a palavra de Deus e que somos recompensados  por sua fidelidade.conferencia-de-valores-3

Em Romanos 2.3-16 o ministro abordou sobre a questão do juízo de Deus, e classificou como também sendo outro ponto esquecido hoje em dia, mas foi claro quando disse que isso também não saiu da bíblia e será um fato real, e que todos estarão diante do Senhor para juízo, bons ou maus, justos ou injustos, crentes ou incrédulos. A salvação não provém das obras que praticamos, porém o juízo de Deus tomará por base as obras que fizermos enquanto vida tivermos no corpo.

Explicou que a misericórdia sempre triunfa sobre o juízo, porém a misericórdia é para quem de fato se arrepende e abandona o erro, assim se recebe perdão, e acrescentou que certamente colheremos tudo quanto plantarmos.

Em Romanos 2.7-11 e 2 Coríntios 5.10 fez a igreja compreender a importância de uma vida de prática na palavra de Deus, para que todos fiquemos tranquilos e em paz de estar naquele grande dia face a face com o Senhor prestando contas de nossos atos.

Outro ponto abordado pelo ministro Marcos Honório Júnior foi sobre generosidade, e definiu que uma pessoa é generosa quando é pronta a doar independentemente do que possui, e disse: “Generosidade só vale quando você dá!”. Afirmou que nada adianta dizer que temos o desejo de ajudar aos pobres, as crianças africanas, por exemplo, e não fazer.

“Deus conta não com o seu desejo de ajudar, ele conta com o que você faz”.

O ministro incentivou a igreja a ousar crer na palavra, e compreender que de fato os princípios de Deus só são válidos e nos beneficiam a partir do momento que os praticamos.

Lendo os textos de Apocalipse 2.23, capítulo 18.6, capítulo 20.12, e capítulo 22.12, mostrou claramente que devemos dar importância as obras, pois Deus nos pagará pelas nossas obras. Explicou também que estar debaixo da graça é uma dádiva de Deus, pois ela nos capacita a vencer o pecado. A graça se torna a capacidade para o homem vencer seus desejos egoístas da carne e andar segundo a vontade de Deus em boas obras e santidade.

conferencia-de-valores-7O ministro disse que para cumprimos a carreira que nos está proposta, não basta apenas correr, é necessário observarmos as regras. Em 1 Coríntios 9:23-27 abordou o exemplo que o apóstolo Paulo deu usando a figura dos atletas que correm sua carreira para obter uma coroa corruptível, enquanto os filhos de Deus correm sua carreira espiritual para obter algo muito superior, uma coroa incorruptível. Assim como os atletas em tudo se dominam, quanto a horário para dormir, alimentação balanceada, entre outras coisas, devemos também nos dominar. Explicando que o apóstolo Paulo na passagem citada, disse que se não aprendesse a dominar seu próprio corpo, mesmo pregando a verdade, seria desqualificado!

“Não basta fazer, tem que fazer do jeito certo”.

Se o apóstolo Paulo alertou acerca de desqualificação e reprovação, isso deveria mover o coração de todos pela busca de estarmos alinhados a vontade de Deus. Porque não é só pregar, é se manter firme nas regras de quem lhe chamou para a carreira. E animou a igreja a correr sua carreira com as práticas corretas e com o propósito certo no coração.

Usou a passagem de 2 Timóteo 2.3-7 para explicar sobre a analogia que Paulo fez do soldado chamado a guerra, de que um soldado embora não tenha desejado ir para guerra, mas uma vez convocado, lhe é dado um alvo, que é cumprir a missão que lhe for dada, e explicou que nenhum soldado pode desistir de sua missão, caso contrário será um desertor e isso é crime, portanto será cassado para cumprir pena. O soldado sabe que não há opção de voltar a seu país sem antes ter feito tudo e até se necessário for, dar sua vida. Então como bons soldados de Cristo devemos funcionar da mesma forma, pois não há opção de desistir, antes devemos perseverar e vencer.

“Você não nasceu só para ser feliz, você nasceu para cumprir seu propósito!Assim será feliz!”

Explicou que a igreja não está debaixo da lei mosaica, mas isso não quer dizer que está sem lei. Nossa lei é a vontade de Deus revelada no evangelho, e que santidade nos leva a cumprir todo o desejo de Deus.

Concluiu a mensagem dizendo a igreja:

“Se você deseja de todo coração agradá-lo e correr sua carreira conforme as regras, você será o primeiro a desfrutar dos frutos”

Animou a igreja afirmando que vale a pena correr a carreira segundo as regras de Deus e que todos deveríamos andar na santidade de Deus, assim teremos um resultado satisfatório e para isso é necessário conferimos nossos valores.

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>