X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Fortaleza - CE

Primeiro Domingo de Dezembro – Celebração da Última Ceia do Ano

img_0964Neste domingo, 4 de dezembro tivemos dois ministros, Pr. Mansuêto Vieira no primeiro culto e Humberto Cataldo no segundo, segue abaixo o resumo da ministração do Pr. Mansuêto Vieira:

Começou o culto chamando a atenção para o que estava acontecendo naquele mesmo momento em todo o país, um movimento de protesto contra a lei de abuso de autoridade e a corrupção e em defesa da Operação Lava Jato, lembrou o texto de 1Ti 2:1-3, e guiou a igreja em uma poderosa oração pela nação.

Expando o aparente contradição que há entre as passagens de 1 João 2:15-17 “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente.” e João 3:16 “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Ensinou que quando a palavra diz que os cristãos não devem amar o mundo, está se referindo ao sistema do mundo e a forma como eles vivem, o modo como procedem, a escala de valor que há no mundo, isso exclui as pessoas. O apóstolo não está dizendo que não devemos amar aqueles que ainda são do mundo, é o contrário disso, pois quando Deus amou o mundo (Jo 3:16), foi a humanidade que ele amou e não o sistema de valores que tinham, ou como viviam. Afirmou que “Deus está em fé, para que todos os homens confessem a Cristo”, pois sua vontade é que todos sejam salvos.

“Antes da criação do mundo Deus já tinha em seu coração o desejo de criar o homem.”

Deus amou o mundo (toda humanidade perdida no pecado) de tal maneira que entregou seu amado filho. O pastor afirmou que Jesus morreu por todos os homens, não só pelos os que hoje crêem, mas inclusive pelos que ainda não crêem em sua obra redentora. Citou a passagem de 1João 5:19 que diz “o mundo jaz no maligno”, mas o Senhor Deus enviou seu campeão, Jesus Cristo, que venceu o diabo entregando sua vida na cruz, e agora desfrutamos dessa vitória de forma física e espiritual.

img_0965Pr. Mansueto disse também que as coisas do mundo se opõe a Deus, por isso os cristãos não devem amar a maneira mundana de viver. Citou Oséias 4:6, que diz que Deus rejeitou aos sacerdotes por terem rejeitado o conhecimento de Deus, deixando de ser exemplo, e não ensinando o povo a vontade do Senhor, esta foi a causa de estarem sendo destruídos, sendo cortados, impedidos da comunhão com Deus e enfrentando grandes problemas. Também hoje em dia o Senhor Deus reprova as ações de todos aqueles que conheceram a Cristo mas tem rejeitado seu conhecimento não andando alinhados com sua palavra. Complementou dizendo que o mundo apesar de ser hostil e puxar os cristãos para baixo, podemos vencê-lo!

“Coloque a palavra de Deus em primeiro lugar, não rejeite o conhecimento que Deus lhe tem Dado!”

O ministro declarou que a igreja está na terra para servir de modelo para o mundo e que deve influenciar àqueles que estão em trevas.
“Se o mundo está em trevas é você quem deve iluminá-lo”.
O pastor também falou que os cristãos não devem amar as coisas que são passageiras e sim as que são eternas.

img_0967Sobre o amor, afirmou que a igreja deve “amar o amor e odiar o ódio”, disse que o mundo não é fácil, mas aquele que acolhe a palavra de Deus será guardado e protegido pelo Senhor, porque aquele que faz a vontade de Deus permanecerá eternamente.

E concluiu dizendo que os cristãos devem se envolver com a verdade da palavra de Deus, como está escrito em Lucas 4:18, e que a solução para quem está na pobreza natural e espiritual não é dinheiro e sim Cristo.

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please type the characters of this captcha image in the input box

Por favor, digite os caracteres desta imagem na caixa de entrada