X
Menu
X

Em verdade, em verdade vos asseguro, que o Filho nada pode fazer de si mesmo

“Em verdade, em verdade vos asseguro, que o Filho nada pode fazer de si mesmo, mas somente pode fazer o que vê o Pai fazer, pois o que este fizer, o Filho semelhantemente o faz.” João 5.19.

Jesus era muito criterioso em tudo que fazia. Ele realizava somente o que o Pai o instruía para fazer.
Sua vinda, sua missão, seu ensino, suas obras, sua vida, e tudo quanto dele sobreveio, trouxe glória exclusivamente ao Pai, nunca para si mesmo!
Havia uma unidade de propósito e esta comunhão intensa era tal, que se fundia numa só vontade, numa só pessoa, como disse: “Eu e o Pai somos um…” (Jo 10.30).
Precisamos cultivar e desenvolver a mente de Cristo em nós, para pensar como o Senhor Jesus, que pensava igual ao Pai. Assim, faremos a sua vontade, pois sua vontade será a nossa vontade.
Se temos a mente de Cristo, devemos concentrar nossa atenção em Deus, assim como Jesus fez. Ele teve a facilidade para tomar decisões, soube dizer o que precisava dizer, soube ir, aonde era preciso ir, ou seja, sempre observando o tempo oportuno do Pai. Foi isso que levou Jesus a tomar decisões perfeitas. Sua submissão era total!
Tudo isso pra nós é um desafio, fazer acima de tudo com que a vontade do Pai seja prevalecida. Essa é a vontade que Deus quer ver em nossas vidas. Dessa forma, tudo aquilo que fizermos, resultará em coisas grandiosas, porque serão realizadas com intuito de glorificar o nosso Pai!

Eita dia bom!!
Pr Rômulo Abrantes.

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *