X
Menu
X
Seja Bem Vindo ao Verbo da Vida Jundiaí
Endereço: Rua Engenheiro Monlevade, 869 - Centro

Quem Somos

ecv_3570

História

Harold Leroy Wright – conhecido como “Bud” – e sua esposa Janace Sue Wright – “Jan” – são norte americanos, fundadores do Ministério Verbo da Vida. Eles residem no Brasil há mais de trinta anos.

Filho de mãe metodista, Harold Leroy Wright nasceu no dia 7 de março de 1945 em Cullman, Alabama. Cresceu ouvindo a Palavra de Deus, mas sem se tornar de fato um cristão confesso e tampouco praticante.

Ele tornou-se caminhoneiro, apesar das cargas que transportava, um imenso vazio tomava conta do seu coração. Até que em 9 de outubro de 1972, confessou Jesus como Senhor da sua vida. Tal decisão mudou o seu caminhar. Ele permaneceu firme no Evangelho e, depois um ano, tornou-se pastor de uma igreja perto da sua casa. Deus começara a prepará-lo para romper fronteiras, mas agora com uma carga melhor: a Palavra e a unção.

Ao ter a oportunidade de ouvir algumas fitas k-7 com mensagens do Rev. Kenneth E. Hagin, Bud Wright conheceu mais da Palavra de Deus, e recebeu uma direção do Senhor: “Quero que você estude por dois anos no RBTC, e depois vá levar a minha Palavra para o meu povo no Brasil, para que eles sejam livres”. Bud  matriculou-se entãono Rhema Bible Training Center (RBTC) fundado por Hagin, em Tulsa, Oklahoma.

Durante um estudo bíblico, ainda no Alabama, ele conheceu Jan. Em pouco tempo construíram um relacionamento e se casaram em 6 de novembro de 1980. Recém casados, mudaram-se para Tulsa para estudar no RBTC.

Estudamos no Rhema por dois anos (entre 1981 e 1983). Depois de formados, voltamos a Cullman a fim de nos preparar para a nossa primeira viagem ao Brasil”, relata o casal.

CHEGADA AO BRASIL

Em 22 de agosto de 1983 eles chegaram ao Brasil e serviram por sete meses no ministério de socorros numa obra missionária denominada “Missão Ágape”, situada em Campo Mourão – PR. Seguiram uma direção do Espírito de Deus, Bud e Jan Wright se mudaram para Guarulhos – SP.

Mesmo chegando ao Brasil com poucas malas, e sem grandes recursos financeiros, o casal encontrou favor diante de Deus, porque estavam cooperando com Ele e obedecendo pela fé na Palavra, também achou graça diante de algumas pessoas, como a irmã “Regina Olberg”, único contato e intérprete deles, que cedeu a casa para reuniões nas quais eles ministravam a Palavra de Deus.

Doze pessoas vieram para a primeira reunião. Cumprindo o “Ide” eles também provaram dos sinais que acompanhavam as pregações. Foram convidados para pregar em várias igrejas e eventos da capital paulista, eles viram o Senhor operar muitos milagres através de suas vidas.

Assim, aquele número de doze logo se multiplicou para cem e continuou a crescer rapidamente. Eles conseguiram junto com os irmãos em Cristo, alugar um galpão, no qual dariam para comportar todos os participantes e possíveis visitantes.

Em 15 de Setembro de 1985 nasceu a igreja, nomeada Verbo da Vida em Guarulhos – SP.

No ano seguinte, iniciaram uma escola bíblica durante a semana, naquele mesmo estabelecimento. Em setembro de 1987 ordenaram ao ministério o irmão “Ohanes Karagulian” e o colocaram na função de pastor da igreja. Assim, tiveram a liberdade de poder abrir uma outra congregação em Barueri – SP e uma segunda escola bíblica no mesmo lugar.

PRÓXIMA PARADA: NORDESTE

Em Setembro de 1988, viajaram para o Nordeste, passando todas as capitais litorâneas até chegarem em Campina Grande–PB. Hospedados no hotel “Ouro Branco”, na época situado na área central da cidade, Deus confirmou pelo testemunho interior para os dois que a próxima obra deveria ser ali.

Em Campina Grande passaram apenas dois dias, nos quais ele ministrou em uma igreja Presbiteriana da cidade. Voltaram alegres para São Paulo, se prepararam mais e esperaram o tempo certo que Deus os guiaria a retornar para o nordeste brasileiro.

CAMPINA GRANDE, A CIDADE TÃO AMADA

Situada na área central nordestina, Campina Grande era, na visão de fé do casal, como um eixo no centro de uma roda, raios que saem por todas as direções. Neste tempo, eles entenderam que a cidade seria a base para alcançarem, com a Palavra de Deus, todas as capitais do Nordeste.

Afinal, o objetivo de Deus em trazê-los ao Brasil era que trouxessem conhecimento bíblico revelado aos brasileiros e os treinassem espiritualmente para que os mesmos pudessem continuar a missão por todo o país e até em outras nações.

No primeiro dia de Outubro de 1990, o casal viajou em uma Kombi, de São Paulo para Campina Grande. Fixaram residência e estabeleceram contatos. Com pouco tempo, o Pr. Bud ministrou a Palavra várias vezes na casa de um  homem de negócios bem sucedido, que havia se convertido há pouco tempo.

Foi através destas reuniõe,s e outros estudos bíblicos no pátio de uma escola privada, que o casal conheceu homens mulheres que até hoje são companheiros de ministério e foram discipulados pelo casal, como também alguns se tornariam, em 1992, os primeiros alunos do Centro de Treinamento Bíblico Verbo da Vida (CTBVV).

Eles começaram em casa com outro grupo de doze pessoas que, em três meses, chegou a setenta e cinco pessoas no fim do ano.  Então, no dia 17 de Janeiro de 1992, iniciaram a Igreja Evangélica Verbo da Vida de Campina Grande, com cerca de trinta e cinco membros e, dias depois, o CTBVV, no mesmo prédio, que era um galpão alugado no centro da cidade.

Provisão chegava cada dia mais. O casal prosperava em todas as áreas, e o amor deles pelo povo brasileiro só aumentava, e era recíproco.

Milagres ocorreram, promessas se cumpriram e presentes inesperados chegaram como resultado da vida de fé que eles apresentam até hoje.

A ajuda e companhia de um outro missionário norte americano, Gerald W. Foster, e de sua família foi essencial para o início do trabalho.

Fizeram muitos discípulos para o Senhor e sinais continuaram a operar sobre a pregação e o ensino da Palavra de Deus.

No ano de 1994 abriram a segunda Igreja Evangélica Verbo da Vida no Nordeste, e em 1998 fundaram o Ministério Verbo da Vida, com sede em Campina Grande. Em 2000 o CTBVV em Campina Grande se transformou em CTBRB – Centro de Treinamento Bíblico RHEMA BRASIL, ligado ao Kenneth Hagin Ministries nos Estados Unidos.

A partir de então a obra cresceu muito mais. É visível na própria vida econômica e social da cidade os efeitos benéficos que a Palavra de Deus tem gerado. Os campinenses, assim como todos os brasileiros que os conhecem, amam este casal e são amados por eles.

Harold Leroy e Janace Sue Wright semearam a própria vida em obediência ao Senhor pela fé. O Deus que dar semente ao que semeia, tem sido fiel em todo tempo e mostrado através deste casal quanto vale cada renúncia e ações de ousadia para obedecê-Lo.

O tempo passou e, como presidentes do Ministério Verbo da Vida, eles viram e se alegraram com os frutos: “Lembramos como o Senhor falou com Bud sobre o crescimento desse ministério aqui no Brasil. Temos visto a Palavra da Fé, que recebemos no Rhema Bible Training Center, libertar verdadeiramente este povo. O fundamento da Palavra de Deus tornou possível o cumprimento da vontade do Senhor em nossas vidas aqui neste país maravilhoso”, compartilha Jan.

Atualmente, existem no Brasil mais de trezentas igrejas Verbo da Vida e mais de cem Centros de Treinamentos Bíblicos RHEMA BRASIL, espalhados por vários estados. A visão do Apóstolo Bud era ter no mínimo uma igreja em cada estado da nação brasileira e essa visão tem se cumprido. Mesmo os estados onde ainda não há igrejas iniciadas e registradas, há ministros graduados do Rhema trabalhando para cumprir este propósito. Muitos missionários, também discipulados pelo pastor Bud, servem ao Senhor em outras nações. Em 2009, o Senhor expandiu a área de atuação do seu chamado, falando-lhe: “O Verbo da Vida vai para todo o mundo”. E o pastor Bud também foi. Angola, Portugal, Inglaterra e muitas outras nações tiveram a honra de receber suas pisadas e desfrutar da unção que estava sobre a sua vida.

Há algum tempo, ele vinha sofrendo com algumas doenças em seu corpo. Como ele mesmo dizia, elas foram resultantes de alguns desequilíbrios com a alimentação. Contudo, o lindo e cativante sorriso não saía do seu rosto, a Palavra da fé estava na sua boca e em seu coração, as verdades da redenção eram confessadas dia após dia e ele continuava a cumprir o seu ministério, inclusive ensinando sobre cura divina e impondo as mãos sobre muitos enfermos. Segundo ele, essa era a última fase do seu ministério com a fundação do Centro de Cura Rhema Brasil, o qual completara um ano nesta mesma semana. Perseverança, sabedoria e força foram sempre a sua marca!

Ele combateu o bom combate, completou a carreira e guardou a fé. Na manhã do dia 7 de Novembro de 2013, ele partiu para o Senhor. Após sentir-se mal no início da manhã, enquanto realizava uma hemodiálise. Ele lia o livro “Escrituras que Curam” e ainda havia brincado com alguns funcionários, como sempre fazia, foi socorrido e levado para a UTI. Lá, o seu coração não resistiu. No dia anterior, completara 33 anos de casado com Jan Wright e havia ensinado sobre fé no Centro de Cura Rhema Brasil em Campina Grande-PB. Fez o que mais gostava até o seu último dia de vida nesta terra: Pregar o Evangelho.

Sempre firme na visão e na sã doutrina, não abria mão das verdades da Palavra de Deus e as vivia e apregoava com muita intensidade. Como um pai exortava aos seus filhos, fitando-os com tanto amor nos seus olhos azuis, sempre lhes perguntava no final das mensagens com muita graça e carinho: “Vocês ainda me amam?”… Sim, pastor Bud, nós sempre lhe amaremos e continuaremos a obra que você começou!

Ele foi primeiro para casa, mas nossa querida mama Jan continua conosco, firme e inabalável para cumprir tudo o que o Senhor tem trazido ao seu coração, com o apoio de Augusto Emery, atual presidente do Ministério Verbo da Vida, sua esposa Suellen Emery e toda a liderança do Ministério Verbo da Vida. Os frutos permanecem e muitos outros ainda serão produzidos. O Ap. Bud se foi, mas a visão que Deus lhe deu permanece sendo colocada em prática.

Libertando com a Verdade (Jo. 8.32)

Igreja Verbo da Vida

NO QUE CREMOS?

CREMOS NAS ESCRITURAS

A Bíblia é a Palavra inspirada de Deus, produto de homens santos do passado que falaram e escreveram conforme eram movidos pelo Espírito Santo. Aceitamos a Nova Aliança, registrada no Novo Testamento, como nosso guia infalível em assuntos concernentes à conduta e doutrina (2Tm 3.16, 1Ts 2.13 e 1Pe 1.21).

CREMOS NA TRINDADE

Nosso Deus é um, mas é manifesto em três pessoas – o Pai, o Filho e o Espírito Santo. São co-iguais (Fl 2.6). Deus Pai é a Fonte da Palavra (Logos) e o Gerador da vida (Jo 14.28: 16.28 e 1.14). O Filho é a Palavra revestida de carne, Aquele que foi gerado e existe com o Pai desde o princípio (Jo 1.1; 1.18 e 1.14). O Espírito Santo procede tanto do Pai como do Filho, e é eterno (Jo 15.26).

CREMOS NO HOMEM, SUA QUEDA E REDENÇÃO

O homem é um ser criado, feito à imagem e semelhança de Deus; contudo, através da transgressão e queda de Adão o pecado entrou no mundo. “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”. Assim está escrito: “Não há um justo, nem um sequer”. Jesus Cristo, o Filho de Deus, foi manifestado para desfazer as obras do diabo. Deu Sua vida e derramou o Seu sangue para redimir e restaurar o homem para com Deus (Rm 5.14; 3.10; 3.23 e 1Jo 3.8). A Salvação é o dom de Deus para o homem, não opera através das obras da lei, mas sim pela graça, por meio da fé em Jesus Cristo, e produz obras agradáveis a Deus (Ef 2.8).

CREMOS NA VIDA ETERNA E NO NOVO NASCIMENTO

O primeiro passo do homem em direção à salvação é a tristeza piedosa que resulta em arrependimento. O Novo Nascimento é necessário para todos os homens e quando cumprido produz Vida Eterna (2Co 7.10, 1Jo 5.12 e Jo 3.3-5).

CREMOS NO BATISMO NAS ÁGUAS

O batismo nas águas é por imersão, constitui um mandamento expresso do nosso Senhor para os crentes. A ordenança é o símbolo da identificação de cristão com Cristo em Sua morte, sepultamento e ressurreição (Mt 28.19, Rm 6.4, Cl 2.12, At 8.36-39). Concernente ao batismo nas águas, uma regra é adotada: A saber: “Sobre a tua confissão de fé no Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, e pela Sua autoridade, eu te batizo em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém”.

CREMOS NO BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

O batismo no Espírito Santo e fogo é um dom de Deus como foi prometido pelo Senhor Jesus Cristo para todos os crentes desta dispensação. É recebido subsequentemente ao Novo Nascimento. Essa experiência é acompanhada pela evidência inicial de falar em outras línguas conforme o próprio Espírito Santo concede (Mt 3.11, Jo 14.16 e 17, At 1.8, 2.38 e 39, 19.1-7 e 2.4).

CREMOS NA SANTIFICAÇÃO

A Bíblia ensina que sem santificação ninguém pode ver o Senhor. Cremos na doutrina da Santificação como uma obra definitiva e progressiva da graça; começando no momento da regeneração e tendo continuidade até a consumação da salvação (Hb 12.14, 1Ts 5.23, 2Pe 3.18, 2Co 3.18, Fl 3.12-14 e 1Co 1.30).

CREMOS NA CURA DIVINA

A cura é para doenças físicas do corpo humano e é operada pelo poder de Deus através da oração da fé e pela imposição de mãos. Foi providenciada pela expiação de Cristo e é um privilégio de todo o membro da Igreja hoje (Mc 16.18, Tg 5.14-25, 1 Pe 2.24, Mt 8.17 e Is 53.4 e 5).

CREMOS NA RESSURREIÇÃO DOS JUSTOS E NA VOLTA DE NOSSO SENHOR

Os anjos disseram: “O mesmo Jesus voltará da mesma maneira que o vistes subir”. Sua volta é iminente. E quando Ele vier “…os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares…” (At 1.11, 1Ts 4.16 e 17). Depois da Tribulação Ele voltará a terra como Rei dos reis e sacerdotes, reinará mil anos (Ap 2.6).

CREMOS NO INFERNO E NO CASTIGO ETERNO

Aquele que morre fisicamente em seus pecados, sem Cristo, está sem esperança e perdido eternamente no Lago de Fogo; portando não há mais oportunidade no futuro, para ouvir o Evangelho do arrependimento. O Lago de Fogo é literal. Os termo s “eterno” e “para sempre”, usados para descrever a duração da punição do castigo no Lago de Fogo, traz o mesmo sentido e significação da existência sem fim que é usada para indicar a duração do gozo e êxtase dos santos na presença de Deus (Hb 9.27 e Ap 19.20).