X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Petrolina - PE

Honra: Um Princípio Divino.

pr_diegoisidro

Devemos entender que Honra não é um sentimento, porque o próprio Senhor Jesus nos ensina em Mt 15:8 que a honra deve proceder do coração, e não da mente. Então, compreendemos que a Honra é uma decisão e que deve estar bem assentada no nosso coração, porque é do coração que procedem as fontes da vida (Pv 4:23), e por causa desse principio entendemos que a Honra deve ser praticada e demonstrada por nós.

Estudando sobre esse assunto aprendi que a Honra pode ser demonstrada através de pensamentos, palavras e atitudes, o que gera através de nós o respeito, mas também descobri que a Honra deve ser materializada ou reconhecida fisicamente. Quando lemos alguns versículos que apresentam a palavra Honra, sempre ela vai estar ligada ou associada a uma materialização ou reconhecimento com algo de valor, com algo que custe alguma coisa, com aquilo que é precioso e de peso, e um dos significados da palavra Honra é justamente esse, “dar valor”. Um exemplo bem comum é o primeiro pedaço do bolo de aniversário: o bolo todo é feito do mesmo ingrediente, mas todos ficamos na expectativa para ver quem vai receber o primeiro pedaço! Agora, porquê? Porque aquele primeiro pedaço é materialização ou reconhecimento da honra demonstrada para aquela pessoa, e esse gesto comunica o quão precioso aquela pessoa é para ela.

Quando falamos de Honra, devemos entender que: deve sempre sair algo que nos custe alguma coisa para outra pessoa, pois em tudo aquilo que damos ou fazemos, comunicamos valores! Um exemplo disso é: se nos é passado uma instrução ou atividade com prazo e procrastinamo-la, mesmo dizendo que vamos fazer, isso entra na categoria de desonra, e passamos uma informação de que não somos confiáveis e que não damos importância àquela pessoa! Se Deus disse faça isso ou aquilo e não fazemos, estamos desprezando a Deus e se o desprezamos seremos desmerecidos (1Sm2:30).

Agora, cremos também em uma recompensa pela Honra semeada, pois a bíblia diz que: “De Deus ninguém zomba; pois tudo aquilo que o homem semear, isso também ceifará” (Gl6:7). Um ministro disse certa vez que a Honra é como um solo fértil, pois tudo aquilo semeamos em honra gera sucesso! Vejamos por meio das escrituras textos que nos dão exemplo dessa materialização da honra e de suas recompensas.

Pv 3:9 diz: “honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda tua renda.”  O versículo não está mostrando para honrarmos a Deus com a nossa adoração espiritual apenas, e sim com a materialização de algo, aqui por exemplo com os nossos bens e com as primícias de toda nossa renda! E qual é a recompensa pela Honra semeada? A resposta está no verso 10, onde Deus promete encher fartamente os nossos celeiros e fazer transbordar de vinho os nossos lagares, ou seja, teremos bons resultados! Pv 3:6 diz: “reconhece-o Senhor em todos os teus caminhos, e Ele endireitará as tuas veredas”. A palavra reconhecer neste versículo pode ser traduzido por “Honrar”, e uma vez semeado a honra, vamos ter recompensas em nossa trajetória de vida!

Por não conhecer esse principio da honra, pessoas têm sofrido e não têm desfrutado do melhor de Deus em algumas áreas de suas vidas! Por quê vemos casamentos destruídos? Creio que não é por “falta de amor”, pois a palavra de Deus mostra que o amor não se acaba… Creio que é pela falta de honra, pois Bíblia instrui: “Maridos, Honrai vossas esposas…” (1Pe3:7). E como eu honro a minha esposa? (Você pode estar se perguntando…) Você a honra, dando-lhe valor e não a tratando como comum, mas tratando-a como diz a continuação do versículo, como a parte mais frágil (não frágil como algo fraco, e sim como algo precioso). Entenda também que sua esposa não é sua empregada! Devemos compartilhar a vida comum do lar, e quando operamos assim, estamos materializando a honra! Do mesmo jeito, as esposas honrem os maridos, se submetendo e dando a eles o que lhes é devido! E a recompensa do casal é que desfrutarão da herança da graça de vida e não terão suas orações interrompidas.

Na posição de filho, devemos honrar os nosso pai e nossa mãe que é o primeiro mandamento com promessa, e a recompensa é que teremos longevidade! Agora temos que aprender que não honramos por que eles precisam, e sim por que eles merecem. Você pode materializar sua honra não só através de presentes, mas de atitudes, arrumando seu quarto, lavando sua roupa, lavando o carro do seu pai e principalmente o obedecendo.

Outro ponto para tratarmos é que devemos gerar ambientes de honra, pois nestes ambientes sonhos são ativados, favores são liberados sobre nós, restituições acontecem… Em 2Re 4:8-36 mostra que certa mulher reconheceu Eliseu como um profeta de Deus, e materializou sua honra dando-lhe refeição e preparando-lhe um quarto para ele ficar, ou seja, ela gerou em sua casa um ambiente de honra, e por causa dessa prática de honra ela teve por recompensa seu sonho realizado! Agora, no evangelho de Marcos capitulo 6, mostra que Jesus estava em um ambiente aonde não havia honra, porque pessoas começaram a tratá-lo como comum, não o reconhecendo como um Enviado de Deus, e por causa dessa atitude de desonra deixaram de receber daquilo de divino que operava em sua Vida. A Bíblia mostra que Ele não pôde fazer ali grandes coisas, não que Ele não quisesse, mas que Ele foi impedido, e isso nos mostra que a desonra impede o agir de Deus em nossas vidas. E Jesus faz um lamento onde pessoas pensam hoje em dia que é um mandamento quando diz no verso 4: “Não há profeta sem honra senão na sua própria casa…”, mas devemos gerar um ambiente de honra em nossas igrejas, dizendo e demonstrando que os profetas daqui de casa (igreja) tem honra SIM, e não só os profetas, como também os justos e os pequeninos, para que com esse reconhecimento, recebamos as recompensas e galardões através da vida dessas pessoas.

A verdadeira expressão de honra é demonstrada através de valores, e isso não é feito só com palavras, e sim com atitude e materialização!

Compartilhe

2 comentários em “Honra: Um Princípio Divino.

Pierre Adriano (Adriano Guerreiro) comentou:

Mano, pense numa mensagem poderosa. De certo, ela veio do coração de Deus. Pr. Diego, dou graças a Deus por sua vida. Sei que, andando com o Pr. Edílson -outro grande homem de Deus- o senhor também influencia e também levanta muitos homens adultos, como também jovens e adolescentes com seu exemplo de vida. Eu, por ter conhecido uma pequena fração de sua vida antes e mais um pedaço depois de ter recebido Jesus, posso dizer: Ele transformou a sua vida da água para o vinho. Abraços, grande e jovem pastor.

Selenia Elma comentou:

Palavra abençoada.Edificou minha vida.

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *