X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Petrolina - PE

Viagem Missionária na Argentina: Dias de serviço e evangelismo com irmãos em Buenos Aires

No dia 5 de novembro a Igreja Verbo da Vida em Petrolina enviou 14 missionários para Buenos Aires, Argentina. A viagem, que foi promovida pela Alumni Rhema de Petrolina, teve como propósito anunciar a Palavra de Deus através do evangelismo, distribuição de cestas básicas e kits de higiene, visita à instituição de apoio a família de presidiários, servir a igreja local e grupos de conectados, conhecidos no Brasil como Grupos de Conexão. Foram sete dias intensos, gerados através da oração e grande expectativa.

Na chegada à cidade, os missionários foram surpreendidos por uma calorosa recepção preparada pelo departamento de missões da Igreja Verbo da Vida em Buenos Aires. Os jovens receberam o grupo brasileiro com músicas, comidas típicas, muitas palmas, e expectativas para o que estava para acontecer naquele lugar. Foi um tempo precioso de comunhão para que se estreitassem relacionamentos, já que aqueles jovens acompanhariam os missionários nos dias que estavam por vir. No dia seguinte, o trabalho teve início com um longo período de oração e instruções dadas por Renan Balbino, líder de Missões em Buenos Aires. Foram dadas orientações que prepararam os missionários para o campo. Dentre elas estavam: ser flexíveis no campo missionário, abordar o povo de forma clara, evangelizar de maneira simples até que o Espírito direcione ao extraordinário, disponibilidade e serviço com amor, ousadia, intrepidez, capacidade pela graça, e respeito à cultura local.

O primeiro contato evangelístico aconteceu no Bosque de Palermo, os 14 se dividiram em pequenos grupos, espalhando-se pela longa extensão daquele lugar. A graça e o favor de Deus para alcançar o povo Argentino foi logo percebida, visto que são conhecidos por serem reservados e resistentes à Palavra de Deus. Em sua maioria não houve resistência, a aproximação aconteceu de forma simples, sutil, e sempre disponibilizando intercessão. Muitos desejaram ouvir as boas novas e receber oração, oito vidas confessaram Jesus como Senhor. Naquele dia, no período da tarde, o evangelismo se estendeu ao Obelisco, famoso cartão postal de Buenos Aires, novamente as pessoas paravam e desejavam ouvir o que os missionários tinham a dizer, e mais oito vidas receberam Jesus, quatro reconciliaram-se. “É um milagre ver como as pessoas nos receberam, e tiveram um coração aberto para receber de Jesus, não é comum que queiram falar de Deus, geralmente há desconfiança e temor quando alguém os cerca,” disse Janine, uma jovem colombiana acompanhante do grupo.

No decorrer da semana as atividades se estenderam ao serviço da igreja local, auxiliando na limpeza, servindo na igreja de crianças, ministrando a Palavra nos cultos, acompanhando as aulas do Rhema, e servindo nos grupos dos conectados. Esse também foi um tempo muito precioso de aprendizado e comunhão. Visitar as casas dos anfitriões foi muito especial, ali os missionários compartilharam um pouco mais das suas experiências, ministrando aos corações que em sua maioria eram de jovens afogueados.

O grupo já havia experimentado graça e favor de Deus diante dos Argentinos, mas o extraordinário estava por vir. O ponto alto do evangelismo aconteceu na instituição que apoia esposas e familiares de detentos. No local, a caravana já havia sido avisada de que não era permitido fotografar, filmar, conversar e orar alto. Havia restrições até para abraçar, e tudo precisava ser feito com muita cautela e sabedoria para que aquela porta permanecesse aberta para o evangelismo.

Renan, líder do departamento de missões, comunicou para a equipe que aquelas mulheres não recebiam bem estranhos e que esse comportamento era cultural, mas que se em dado momento fosse oferecido da bebida da parte delas para algum missionário, era sinal de que o seu coração havia sido ganho e a confiança conquistada. A equipe entrou na instituição um pouco antes das mulheres chegarem, no decorrer desse tempo os homens da caravana foram direcionados à organização dos depósitos. Quando chegaram, as mulheres foram recebidas com muito amor, um largo sorriso no rosto, cestas básicas, kits de higiene, tiveram as unhas cuidadas e esmaltadas, cabelos penteados, e logo aqueles corações haviam sido ganhos e a sua confiança também.

A Palavra foi ministrada sem temor, de maneira muito simples, e logo as lágrimas escorriam dos rostos das mulheres, a graça de Deus foi operando e envolvendo cada vida. O mate que elas bebiam logo foi oferecido aos missionários, houve cânticos, palmas, muitos abraços apertados, e vidas salvas. Uma das mulheres declarou que a cesta básica que recebeu supriria a sua necessidade nos próximos dias, porque ela não tinha mais nada em casa. A alegria e a liberdade do Espírito tomou conta daquele lugar, tudo foi feito com ordem, e até algumas fotos foram permitidas tirar. Outra mulher, esposa de presidiário, afirmou no final do evangelismo, que o desejo do seu coração era ver a caravana voltar e fazer aquele mesmo trabalho dentro do presídio. O responsável pela instituição disse que tudo o que havia acontecido ali não era comum, que era o amor de Deus sendo manifesto na vida daquelas mulheres, desejando que os missionários retornassem o mais breve possível. A nota que subia do coração de cada mulher era de muita gratidão.

O último dia de missões foi feito de maneira estratégica, a equipe se dirigiu à Feira de San Telmo, famoso ponto turístico da cidade, e no tempo em que comprava alguns artigos, o grupo semeava a Palavra. Em todo tempo que esteve na Argentina, os missionários foram cuidados e acompanhados pela equipe do departamento de Missões da Igreja Verbo da Vida em Buenos Aires. A equipe de Petrolina foi impactada pela maneira como foi recebida pelos jovens da igreja local.

Veja alguns depoimentos dos missionários:

Durante o tempo que estiveram aqui, identifiquei nos missionários de Petrolina alegria, disposição em obedecer, e submergir a cultura argentina, com isso, Deus superou as expectativas do meu coração. Nós recebemos muitas caravanas aqui, mas essa teve algo especial, eles foram muito obedientes, honrando todas as direções que recebiam. Enfrentamos chuvas fortes, muito sol, frio e calor intenso, mas eles não abriam a boca para falar negativo. A visão que tive dessa caravana foi um povo disposto de coração e de obras. Eles impactaram a vida dos argentinos, mas também estão levando uma bagagem grande para o Brasil” declarou Renan, líder do departamento de missões em Buenos Aires.

O que mais me marcou foram os jovens estudantes de medicina rendidos ao Senhor, mesmo com uma carga horaria de estudos tão intensa, eles estão sempre dispostos a servir uns aos outros e a sua igreja local” disse Darléa, líder da caravana e representante do Alumni em Petrolina.

Pollyana, missionaria enviada a Argentina, declarou que “estar lá foi ativar completamente o meu proposito e entender o que Deus me chamou para ser e fazer, a grande comissão é a minha incumbência aqui na terra!”

“Antes de ir para Argentina eu ouvi diversas vezes que algumas pessoas precisavam apenas de um abraço, chegando lá, no período do evangelismo, eu perguntei para uma senhora se ela tinha tempo para conversar conosco, ela disse sim. Falamos do amor de Deus e ela recebeu muito bem, ao final eu perguntei se podia abraçá-la, ela aceitou e disse que aquele havia sido um abraço curador. Isso me marcou! Seja o abraço de Deus para o seu próximo”, declarou Cleuson, missionário enviado.

“O que falar dessa experiência? Primeiramente fico honrado pelo serviço da secretaria de missões da Argentina, eles me impactaram de uma forma imensa. Pisar na terra prometida, para mim em particular, foi viver um sonho, todos as noites eu chorava em agradecimento por estar naquele lugar, não só conhecendo uma nação, mas fazendo a obra! Ver vidas salvas, pessoas ouvindo a Palavra de Deus, pessoas sendo libertas não tem preço! Eu fui transformado, eu fui impactado, eu fui renovado! Sei porque sei que um capítulo 2 na minha vida começou a ser escrito e a igreja da Argentina faz parte dessa história! Vai ser rápido e intenso, voltarei e viverei as promessas de Deus na minha vida nessa nação que tanto amo”, declarou Nilton Sampaio, missionário de Petrolina.

Postagens Relacionadas

Formatura do Rhema reuniu formandos e concluintes de Petrolina e Juazeiro em grande festa no último sábado Alumni Rhema em Petrolina promove viagem missionária para a Argentina Projeto Capítulo 2 é apresentado em Petrolina e marca o início de um tempo de avivamento para o Sertão Nordestino Dia Rhema contou com a presença do Rev. Scott Webb e marcou a abertura do Maximize 2018 “A fé que vem de Deus” foi o tema abordado no segundo seminário Rhema de 2018 Dia Verbo da Vida de Missões é comemorado com ministrações sobre obediência, coragem e doação em Petrolina Grupo da Igreja Verbo da Vida em Petrolina viaja para a Bolívia no projeto Misión Bolívia Último dia da Conferência Movimento contou com ministrações sobre o poder da Palavra de Deus

Um comentário em “Viagem Missionária na Argentina: Dias de serviço e evangelismo com irmãos em Buenos Aires

Diego Raphael comentou:

Foi um tempo maravilhoso e extraordinário onde o Senhor tocou essa nação e derramou coisas específicas para uma nova estação que está sendo iniciada nesse lugar e também nos tocou profundamente que não conseguimos retornar para o Brasil as mesmas pessoas, fomos impactados e transformados por dentro e por fora! Glorias a Deus!

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *