X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Porto Alegre / Jardim Floresta - RS

Atravessando as Tempestades – Parte 02

Baseado no livro do pastor Tony Cooke – Atravessando as Tempestades, nosso pastor, Paulinho Aguiar, está fazendo uma série de ministrações durante o mês de fevereiro. No último domingo ele ministrou sobre 3 tipos de tempestades e a forma bíblica de atravessarmos cada uma delas. Confira abaixo um resumo desta ministração:

 

Tempestade de Jonas – é o tipo de tempestade que atravessamos por causa de nossa desobediência.

 

Deus tinha dado uma missão a Jonas. Como um profeta de Deus, ele deveria ir à Nínive e clamar a mensagem de Deus contra aquela cidade por causa de sua malícia.

 

Mas Jonas tentou fugir da presença e do propósito de Deus para sua vida. O resultado disso foram tempestades que só foram vencidas mediante arrependimento, mudança de mentalidade e atitude.

 

Aprendemos com isso que se entramos em tempestades por causa de nossa desobediência, podemos sair delas por intermédio do arrependimento!

 

Tempestade dos Discípulos – é o tipo de tempestade que atravessamos mesmo estando em obediência à vontade de Deus para nossas vidas.

 

Jesus tinha chamado os discípulos para irem para a outra margem do mar da Galileia e eles prontamente obedeceram. Mas o que sucedeu a obediência foi uma tempestade que colocou medo até em alguns experientes pescadores.

 

O que aconteceu a seguir nos traz ricos aprendizados!

Os discípulos consideraram que Jesus não estava se importando com a situação por estar dormindo e já estavam considerando o pior (Mc 4.38).

 

Com isso aprendemos duas atitudes que nunca devemos ter:

  • Nunca presuma que Deus não se importa.

Alguns dizem: “Se Deus realmente me amasse, eu não estaria enfrentando este problema. Ele não deve me amar”.

 

Depois de enviar Jesus Cristo, Seu Filho, para morrer por nós, devemos considerar que Deus não precisa mais provar o Seu amor por nós! Ele nos ama, incondicionalmente!

 

  • Não seja catastrófico.

Algumas pessoas têm muita facilidade de acreditar que irão experimentar o pior cenário possível como resultado da tempestade – “vou perecer”.

 

Porque não usar toda essa fé ao contrário? Por que não pensar que Deus vai influenciar o resultado de maneira positiva ao invés de negativa?

 

E com a reação de Jesus, levantando a voz contra a tempestade, também podemos tirar pelo menos duas lições:

 

  • Jesus não atribuiu aquela tempestade a um possível pecado cometido por seus discípulos.

 

  • Jesus não considerou aquela tempestade como uma ação Divina para lhes ensinar alguma coisa.

 

Aprendemos com isso que se entramos em tempestades mesmo em obediência a uma direção Divina, podemos sair dela por intermédio da autoridade do nome de Jesus!

 

Tempestade de Paulo – é o tipo de tempestade que atravessamos por causa do erro de outras pessoas.

 

Durante uma viagem de Jerusalém para Roma, o apóstolo Paulo percebeu que a viagem seria difícil, e com danos. Mas os responsáveis pelo navio não lhe deram atenção e decidiram seguir viagem.

O resultado disso foi um naufrágio. O navio foi destruído. Mas a atitude de Paulo, mesmo diante da situação nos ensina princípios valiosos.

 

  • Paulo manteve seu coração ajustado.

Mesmo tendo tido sua palavra rejeitada, Paulo não se revoltou contra aqueles homens, nem desenvolveu auto piedade ou uma mentalidade de vítima. Muito pelo contrário, Paulo permaneceu intercedendo por eles e cuidou deles até estarem a salvo.

 

  • Paulo permaneceu numa atitude de fé perseverante.

Eles passaram 14 dias naquela tempestade. Isso nos mostra que nem sempre as respostas das nossas orações podem ser vistas instantaneamente. Algumas situações são resolvidas mediante um processo.

 

Aprendemos com a tempestade de Paulo que se entrarmos numa tempestade por causa do erro de outras pessoas, podemos sair dela por meio de nossa fé perseverante em Deus.

 

Lembre-se: Não há tempestade maior do que o nosso Deus!

Que você possa ser abençoado na prática da Palavra.
Pr. Paulinho Aguiar

 

Compartilhe

Um comentário em “Atravessando as Tempestades – Parte 02

Pingback: Culto de Celebração – Série de Mensagens – Atravessando as Tempestades – Parte 02 | Verbo da Vida Porto Alegre - RS
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>