X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Porto Alegre / Jardim Floresta - RS

Cristo ou Barrabás?

CRISTO OU BARRABÁS?

Lc 23.18-19 – 18 Contudo, todo o povo gritou a uma voz: “Acaba com este! Solta-nos Barrabás!”

Mateus chama Barrabás de “um preso muito conhecido”, Marcos o chama de “homicida e tumultuador”, Lucas se refere a ele como rebelde e assassino, João o chama de salteador.

E Jesus, sabemos bem que Ele é, não sabemos? Será que sabemos? Você sabe?

Você já se imaginou lá naquele lugar, no meio daquele povo? Eu já! E, obviamente, num primeiro momento sempre penso que defenderia Jesus. Mas, numa meditação um pouco mais cautelosa me pergunto: será?

Esse episódio é um exemplo claro de como as paixões podem cegar os homens, como é poderosa a voz da massa, como a ausência de posicionamento de um líder (Pilatos) pode causar injustiças, como a máxima: “a voz do povo é a voz de Deus”, é uma mentira que vem lá dos quintos dos infernos.

Eu imagino aqueles homens com seus os olhos arregalados, as veias do pescoço saltando, os brados raivosos, usurpando de suas posições de confiança e manipulando o povo. Tudo isso em nome de uma causa, em nome de uma ideologia, em nome de uma doutrina, em nome de si mesmos.

Não havia julgamento mais fácil, não havia sentença mais fácil: era Jesus contra Barrabás, o amor contra o ódio, a provisão contra o roubo, o bem contra o mal, a cura contra a dor, a paz contra a guerra. Mas a paixão cegou aquele povo!

E essa mesma paixão continua cegando multidões. Vemos diariamente multidões se levantando e, através de diversas atitudes, gritando: Soltem Barrabás!

Barrabás é solto e as pessoas choram emocionadas como se tivessem conquistado uma grande vitória. Hoje mesmo, assisti uma cena que me inspirou a escrever esse texto. Uma lei aprovada em um outro país e as pessoas celebrando a soltura de Barrabás, a morte.

Estamos vivendo um tempo tão difícil, tão delicado em nossa nação. É muito fácil ficarmos emocionados e tomarmos partido por um lado ou pelo outro. Meia dúzia de vídeos na internet estão sendo suficientes para as pessoas tomarem uma causa para si.

O que tenho em meu coração no momento é um grande temor, temor santo.

Deus nos ensina por Sua Palavra que todo homem ou mulher cristão, nascido de novo, é um embaixador do Reino, ou seja, não está aqui para dizer o que pensa, mas o que Deus pensa.

Oro para que antes que eu possa erguer minha voz, fique perfeitamente claro para mim se estou dizendo: “Soltem Cristo” ou “Soltem Barrabás”.

Jo 16.13-14 – 13 quando vier, porém, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir. 14 Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar.

Permita-me te aconselhar: Antes de erguer sua voz por uma causa, tenha certeza de que você está bradando: Soltem Cristo!

 

No amor de Cristo,

Pr Paulinho Aguiar
Igreja Evangélica Verbo da Vida Porto Alegre – Jardim Floresta

Compartilhe

2 comentários em “Cristo ou Barrabás?

Ramon comentou:

Benção demais!

Cleonice comentou:

Que nossa oração seja: Pai, precisamos de espírito de sabedoria e revelação no Seu PLENO CONHECIMENTO.

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *