X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Porto Alegre / Jardim São Pedro - RS

Entrando em acordo com Deus

 

handshake2-e1391532145911Como é prazerosa a convivência com pessoas com as quais concordamos, não é? Acredito que quanto maior concordância maior intimidade. A discordância nos afasta. A concordância nos aproxima.

Algumas pessoas parecem discordar pelo prazer da discórdia. Elas dizem: Eu concordo, mas…! Existe soberba envolvida! É difícil conviver com gente assim.

Por outro lado, quando existe a disposição da concordância, tudo flui melhor. Existe humildade envolvida neste caso. É necessário humildade para andar em concordância!

Este é um princípio fundamental para o relacionamento entre seres humanos. E, da mesma forma, é um princípio fundamental para o nosso relacionamento com Deus. Muitas pessoas desejam andar com Deus, mas isso não é possível sem acordo!

Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo? (Amos 3.3)

Quando Deus disse isso através do profeta Amós, Ele se referia ao povo de Israel que tinha saído do Egito, mas que permaneciam numa vida de iniquidade. Não há sucesso num relacionamento sem acordo!

Observe a vida de Enoque:

Gn 5.24 – Andou Enoque com Deus.

Hb 11.5-6 – Pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o trasladara. Pois, antes da sua trasladação, obteve testemunho de haver agradado a Deus. 6 De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.

Enoque andou com Deus porque sua vida agradava a Deus. E a característica de sua vida que atraiu a atenção e a presença de Deus era a fé.

Sem fé é impossível agradar a Deus. E também podemos dizer que: Sem fé é impossível andar com Deus!

É por isso que o investimento de satanás contra o homem é para que o homem não creia em Deus e na Sua Palavra.

2Co 4.4 – o deus deste século cego o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.

O texto acima afirma que a incredulidade (referindo-se àqueles que não creem que Jesus ressuscitou dentre os mortos e não o confessam como Senhor) é uma cegueira provocada pelo deus deste século (Satanás).

E em relação aos que já nasceram de novo (os que creem que Jesus veio em carne, ressuscitou dentre os mortos e o confessam como Senhor) como Satanás age?

2Co 10.4-5 – Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas e toda altivez (soberba) que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo.

Ef 6.10-18 – Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do Diabo 12 porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. 13 Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. 14 Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do espírito, que é a Palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos.

A ação de Satanás contra crentes, chamada de cilada, acontece no dia mau. Trata-se de sofismas, que são os dardos inflamados, são sugestões, ideias, pensamentos que são contrários ao que Deus fala, pensa e faz.

Esse desafio, este conflito, é chamado pela Bíblia de “O bom combate da fé”.

1Tm 6.12 – Combate o bom combate da fé. Toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado e de que fizeste a boa confissão perante muitas testemunhas.

1Tm 1.18-19 – Este é o deve de que te encarrego, ó filho Timóteo, segundo as profecias de que antecipadamente foste objeto: combate, firmado nelas, o bom combate, mantendo a fé e a boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé.

2Tm 4.7 – Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé.

Algo importante de sabermos é que, ao contrário do que muitos pensam, o dia mau não necessariamente é causado por algum erro ou pecado que tenhamos cometido.

Geralmente, quando estamos passando por um dia mau logo nos perguntamos: “o que eu fiz de errado”? Mas temos um exemplo na Bíblia de alguém que teve um dia mau, mas não estava cometendo nenhum pecado, pelo contrário, estava cheio do Espírito Santo, cheio da Palavra e guiado pelo Espírito Santo.

No evangelho de Lucas 4.1-13, nós temos a narrativa de Jesus sendo tentado no deserto.

O texto diz que o Diabo encontrou uma ocasião oportuna para tentar Jesus. E essa ocasião oportuna nada tinha a ver com pecado, muito pelo contrário.

O que podemos encontrar como ocasião oportuna é o fato de Jesus estar num deserto, ou seja, sozinho, durante quarenta dias e com fome.

Então, apesar de ser uma prática saudável sempre fazermos uma auto análise para verificarmos se existe a necessidade de arrependimento de nossa parte, lembre-se que não necessariamente o dia mau acontece por causa de um erro que cometemos.

O dia mau acontece porque Satanás é o deus deste século (mundo, sistema). E é também por isso que neste mundo passamos por aflições.

Mas Jesus deixou bem claro: nós não somos deste mundo! Somos cidadãos do céu, família de Deus.

Como Jesus combateu o bom combate da fé?

Jesus venceu dizendo o que está escrito na Palavra de Deus, ou seja, Jesus falou de acordo com Deus. Jesus não abriu mão do acordo que tem com Deus e isso trouxe vitória a Ele.

O segredo é estarmos cheios do Espírito Santo e cheios da Palavra. Isso não deve ser algo apenas mental ou interior. Entenda, existem ações correspondentes a fé. Se alguém está cheio do Espírito Santo e da Palavra, no dia mau, ainda que esteja pressionado, o que vai sair é fé. É necessário respondermos aos sofismas, pensamentos, sugestões de Satanás falando aquilo que está de acordo com o que Deus diz.

Sl 119.11 – Encondi a tua palavra no meu coração para não pecar contra ti.

Se estamos de acordo com Deus nossa fé está ativa. Sendo assim, com a fé ativa podemos dizer que andamos com Deus.

Então ative a sua fé ouvindo, meditando e praticando a Palavra!!!

DON GOSSET, no livro: Há poder em suas palavras, escreveu sua lista do nunca mais. Ele nos inspira a respondermos aos dardos inflamados do maligno da forma correta. Leia, medite e use desta ferramenta para todos os dias de sua vida!

  • Eu nunca mais direi “eu não posso”, pois “tudo posso naquele que me fortalece (Fp 4.13)
  • Nunca mais direi que “eu não tenho”, pois “o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir em Cristo Jesus, cada uma de minhas necessidades. (Fp 4.19)
  • Nunca mais direi que tenho medo, “porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação” (2 Tm 1.7)
  • Nunca mais direi que não tenho fé, porque eu tenho “a medida da fé que Deus repartiu a cada um” (Rm 12.33)
  • Nunca mais direi que sou fraco, porque “o Senhor é a fortaleza da minha vida “Sl 27.1) e “o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo” (Dn 11.32).
  • Nunca mais direi que Satanás tem supremacia em minha vida, porque “maior é aquele que está em mim do que aquele que está no mundo” (1Jo 4.4)
  • Nunca mais direi que estou derrotado, porque Deus “em Cristo sempre me conduz em triunfo” (2Co 2.14)
  • Nunca mais direi que não tenho sabedoria, pois “Cristo Jesus…se tornou da parte de Deus (minha) sabedoria” (1Co 1.30)
  • Nunca mais direi que sou doente, pois “pelas pisaduras de Jesus fui sarado” (Is 53.5) e Jesus “mesmo tomou as minhas enfermidade e carregou com as minhas doenças” (Mt 8.17).
  • Nunca mais direi que estou preocupado e frustrado, pois estou “lançando sobre ele toda a minha ansiedade, porque ele tem cuidado de mim” (1Pe 5.7).
  • Nunca mais direi que estou preso, pois, “onde o Espírito do Senhor está aí há liberdade” (2Co 3.17).
  • Nunca mais direi que estou perdido, pois “já não há condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus” (Rm 8.1).

No amor de Cristo,

Pastor Paulinho Aguiar
Igreja Evangélica Verbo da Vida Porto Alegre – Jardim Floresta

Compartilhe

3 comentários em “Entrando em acordo com Deus

Fabiane comentou:

Palavra maravilhosa, viva, inspirada, vinda direto do Pai para nós!!!!

Vanessa comentou:

Como é importante estarmos firmados nestas verdades e ter um pastor que guarda seu rebanho. Assim explode o avanço nos pastos verdejantes. Um gde abraço Pastor

Josemar Araujo Santos comentou:

Aleluia

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *