X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Recife - Zona Norte

15 DE MAIO – E o caso de Jó? – Kenneth E. Hagin

E o SENHOR virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou a Jó outro tanto em dobro a tudo quanto dantes possuía. JÓ 42.10

Alguém me perguntou: “Você se esqueceu, irmão Hagin, de que Deus deixou Jó doente”.

“Não, não foi Ele; foi o diabo quem o fez adoecer”. “Sim, mas Deus lhe deu permissão!”

Não foi Deus, porém, quem encomendou os problemas de Jó. Deus pode “permitir” que você assalte um posto de gasolina (você tem seu livre-arbítrio), mas Ele não ordenará que você cometa o crime.

Na realidade, Deus somente deu “permissão” ao diabo em certo sentido. Se deixar que Satanás o ataque, Deus “permitirá”, porque Satanás é o deus deste mundo (2 Co 4.4), e você está morando no território dele. O próprio Jó abriu a porta ao diabo através do medo que sentia. Jó disse: Por que o que eu temia me veio, e o que receava me aconteceu? (Jó 3.25).

Muitos estudiosos da Bíblia concordam que a totalidade do Livro de Jó abrange um período entre 9 e 18 meses. Depois, vemos que Deus virou o cativeiro de Jó. Logo, quando Jó estava doente, estava no cativeiro do diabo. Quando Jó estava na pobreza, encontrava-se no cativeiro do diabo. Deus, porém, virou o cativeiro de Jó! Deus deu a Jó o dobro daquilo que ele tinha no início. E assim que Deus opera!

Confissão: “Deus vira o nosso cativeiro! Ele não nos submete a escravidão. Deus nos libertai Por intermédio de Jesus, estou livrei Não aceitarei a idéia de que as enfermidades provêm de Deus! Sei de onde provêm e resisto

Compartilhe

Postagens Relacionadas

18 DE JULHO – Lá no íntimo – Kenneth E. Hagin 17 DE JULHO – Acendendo a minha lâmpada – Kenneth E. Hagin 16 DE JULHO – Provisão abundante – Kenneth E. Hagin 15 DE JULHO – Sinal verde – Kenneth E. Hagin 14 DE JULHO – Sinal vermelho – Kenneth E. Hagin 13 DE JULHO – Orientação sobrenatural – Kenneth E. Hagin 12 DE JULHO – Número um: O Testemunho Interior 11 DE JULHO – O Espírito Testtifica – Kenneth E. Hagin

Um comentário em “15 DE MAIO – E o caso de Jó? – Kenneth E. Hagin

Angelo Bandeira comentou:

Temos que ter sempre a certeza na palavra, o nosso DEUS nunca muda. Ele foi ontem com Jó e hoje é com a igreja, (comigo e contigo), fica sempre com a palavra.

Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *