X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Recife - Zona Norte

18 DE SETEMBRO – Apagados – Kenneth E. Hagin

Eu, eu mesmo, sou o que apaga as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados me não lembro. ISAIAS 43.25

“Acredito que estou pagando pela vida que eu vivia antes de ser salvo”, disse-me certa vez um pastor que estava passando por dificuldades.

Muitos cristãos, assim como aquele pastor, são derrotados e deixam que as coisas aconteçam, porque consideram que é assim que deve ser. Não sabem a diferença entre o arrependi­mento e a penitência. Procuram fazer penitência pela vida do passado. No entanto, na realidade, já que se arrependeram dos seus pecados, Deus não toma mais conhecimento do que já fizeram de errado!

Sou o que apaga as tuas transgressões, disse Deus, por amor de mim. Deus não o fez por amor a você, mas por amor a Ele mesmo. Dos teus pecados me não lembro, Ele prometeu. Se Deus não Se lembra deles, para que você deve lembrar-se? Não deve mesmo!

Quando você nasceu de novo, foi redimido da penali­dade do pecado. Se você tivesse de continuar pagando pelos seus pecados, você teria de ir para o inferno ao morrer, porque isso também faz parte da penalidade. Graças a Deus, porém, porque fomos redimidos não somente do poder do pecado, mas também da penalidade do pecado. Jesus tomou o nosso lugar e sofreu a penalidade do pecado.

Confissão: “Quando me arrependi, meu Pai celestial apagou as minhas transgressões. Ele não Se lembra dos meus pecados; por isso, não me lem­brarei deles, nem os apresentarei a lembrança dEle”.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

20 DE OUTUBRO – Exercício 19 DE OUTUBRO – Uma exigência 15 DE OUTUBRO – A Mesma Fé 13 DE OUTUBRO – Como a fé vem 11 DE OUTUBRO – A Fé Repartida 10 DE OUTUBRO – A Fé Definida 9 DE OUTUBRO – A Fé Demonstrada 7 DE OUTUBRO – O Nome
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *