X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Recife - Zona Norte

A ESTAÇÃO DA GRAÇA | Pr. Aux. Edgley Lacerda | 28/10/2018 – Tarde

“Comece a estabelecer a realidade de Deus em você”. Nessa tarde de domingo, o pastor auxiliar Edgley Lacerda nos incentivou a termos como natural o padrão celeste, que é a realidade de justiça conquistada na cruz de Cristo. “O que Adão nos transferiu foi a natureza falha que pende ao pecado, e desde então, o senso de normalidade do homem não é o padrão celeste e sim, o padrão pecaminoso, ao ponto da humanidade não saber o que é errado ou certo”.

“Não devemos ser seletivos com a Palavra do Senhor e sim aceitar a integridade dela” (Deuteronômio 28.1-14).

“Mas não comerás da árvore do conhecimento do bem e do mal; porque no dia em que dela comeres, com certeza morrerás”.
Gênesis 2.17

“A árvore no Éden representava o livre arbítrio de Adão em permanecer ou não acatando o que Deus falava. Maldição é resultado de ausência de benção, não um instrumento de punição”.

“Portanto, assim como o pecado entrou no mundo por um só homem, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, pois todos pecaram. Porque antes da lei o pecado já estava no mundo; mas, quando não há lei, o pecado não é levado em conta. No entanto, a morte reinou de Adão até Moisés, mesmo sobre aqueles que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão, que é figura daquele que havia de vir”.
Romanos 5.12-14.

“O que Adão nos transferiu foi a natureza falha que pende ao pecado, e desde então, o senso de normalidade não é o padrão celeste e sim, o padrão pecaminoso, ao ponto da humanidade não saber o que é errado ou certo”.

“A lei, porém, veio para que a transgressão se ressaltasse; mas, onde o pecado se ressaltou, a graça ficou ainda mais evidente”.
Romanos 5.20

“Cristo nos resgatou da maldição da lei, tornando-se maldição em nosso favor, pois está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em um madeiro”.
Gálatas 3.13

A lei veio para nos mostrar nossos erros e a necessidade de um Salvador.O Espírito Santo não está em nós com vergonha de nossos erros pois o sangue de Cristo nos torna dignos nele.

“A maldição da lei descrita no capítulo 28 não nos pertence mais. Quando algo contrário se levantar, devemos abrir nossa boca e declarar nossa fé. Deus tem te chamado não para TER mas para SER, e assim, tudo que você é nEle será manifesto. Comece a estabelecer a realidade de Deus em você”.

Texto por: Janielle Medeiros

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *