X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Recife - Zona Norte

PATERNIDADE ESPIRITUAL | Carlos Júnior | Manhã – 16/12/18

Nesta manhã, Carlos Júnior nos ensinou sobre uma vida de unidade e crescimento através de uma paternidade espiritual sensível aos propósitos de Deus.

Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!

É como o óleo precioso sobre a cabeça, o qual desce para a barba, a barba de Arão, e desce para a gola de suas vestes.

Salmos 133:1-2.

O óleo do texto remete a unção dentro de nós que nos ensina e capacita a andar nos frutos do Espírito, nos dons que Deus preparou para que cada um de nós cumpra o seu proposito Nele. E é na unidade que Deus derrama a Sua unção sobre aqueles que cumprirão os seus propósitos.

 A disponibilidade de estar posicionado obedientemente sobre uma liderança, uma paternidade espiritual, nos guia nos caminhos do Senhor. A cobertura dos nossos líderes é um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento do propósito de Deus para nós. Pois é na unidade que Deus opera a benção.

Sempre devemos nos preocupar com três fatores: Associação, Ambiente e Influência.

As nossas associações são tão importantes na nossa jornada pois são as pessoas com as quais nos associamos que Deus usa para nos preparar para o que Ele tem para nós. Antes de descobrirmos o nosso propósito devemos descobrir as conexões que nos levam a eles, mesmo com chamado e unção precisamos de mentores que nos preparem para a plenitude deste propósito de Deus. Quando recebemos quem Jesus enviou, é como se recebêssemos o próprio Jesus.

Então, descerei e ali falarei contigo; tirarei do Espírito que está sobre ti e o porei sobre eles; e contigo levarão a carga do povo, para que não a leves tu somente.

Números 11:17.

A unção é transferida ilimitadamente, e é a unção coletiva o maior nível de unção que podemos desfrutar. Ela trabalha para gerar grandes resultados, conquistas maiores. Quando esperamos em Deus, no ambiente que Ele preparou para nós, desfrutamos das suas bênçãos e unções sem medida.

A influência é sutil e poderosa, muitas vezes nem percebemos o seu efeito. Estar sobre a influência de pessoas que nos acrescentam e levam para mais perto de Deus pode definir a nossa história. O nosso pai espiritual vai entender em Deus qual as estações e planos Dele, nos guiando assim para os Seus propósitos.

O pai espiritual não é aquele que nos gerou biologicamente, mas é uma fonte de inspiração e sustentação. Alguém cuja vida podemos imitar, que age como boca de Deus para as nossas vidas e nos impede de estar desconectados da fonte que é Jesus. O seu papel é exortar, corrigir e transferir a unção que opera sobre a sua vida para os seus discípulos, ativando os seus dons. Devemos sempre honrar o pai espiritual que Deus nos designou, pois, a honra é que mantém vivo o fluir da unção sobre nós. O que opera sobre a cabeça, o corpo recebe por herança.

Texto por: Gabriel Tintori

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *