X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Recife - Zona Norte

TEMPOS E ESTAÇÕES | Pr. Aux. Euzébio Costa | 06/07/2017

“Deus sempre tem algo novo pra nós. Cada vez que nos aproximamos dEle, passamos a entender o propósito que Ele estabeleceu para nossas vidas, pois a vida do crente é uma vida de revelações progressivas”.

Nesta primeira quinta-feira do mês de julho (06/07), fomos inspirados por meio da ministração do pastor auxiliar Euzébio Costa, a buscar mais a Presença e evidenciar o céu onde quer que formos.

Confira o resumo da mensagem:

Em Eclesiastes 3, nos versículos 1 e 11 diz: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu (…) Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim”. Há tempo para as coisas serem estabelecidas, antes da criação do mundo Ele já tinha preparado os tempos e os modos, colocando a eternidade no coração da humanidade. “Somos formados do pó da terra, mas criados do Espírito de Deus, a sua imagem e semelhança. O céu é nossa origem, não apenas o destino”. Todos os dias os céus criam expectativas para que possamos transmitir a vida de Deus pelos ambientes que frequentamos, precisamos evidenciar de onde viemos, manifestando o que carregamos por dentro.

Está escrito em João 15.16: “Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda”. Quando estamos nele somos habilitados para evidenciar os frutos verdadeiros, não sendo apenas ouvintes, mas praticantes da Palavra. Salmos 25.14 diz: “A intimidade do SENHOR é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança.” Se você não tiver uma atitude de entrega Ele não dará conhecer a Sua aliança.

Em 1 samuel 15.17-22 diz: “Prosseguiu Samuel: Porventura, sendo tu pequeno aos teus olhos, não foste por cabeça das tribos de Israel, e não te ungiu o SENHOR rei sobre ele? Enviou-te o SENHOR a este caminho e disse: Vai, e destrói totalmente estes pecadores, os amalequitas, e peleja contra eles, até exterminá-los. Por que, pois, não atentaste à voz do SENHOR, mas te lançaste ao despojo e fizeste o que era mau aos olhos do SENHOR? Então, disse Saul a Samuel: Pelo contrário, dei ouvidos à voz do SENHOR e segui o caminho pelo qual o SENHOR me enviou; e trouxe a Agague, rei de Amaleque, e os amalequitas, os destruí totalmente; mas o povo tomou do despojo ovelhas e bois, o melhor do designado à destruição para oferecer ao SENHOR, teu Deus, em Gilgal. Porém Samuel disse: Tem, porventura, o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, melhor do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e a obstinação é como a idolatria e culto a ídolos do lar. Visto que rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não sejas rei.”

“O que estabelece o ministério é a obediência, quem é bom de argumento é ruim de arrependimento.” A obediência precede a honra. Não tem como honrar ao Senhor sem obedecê-lo.

Texto por: Ellen Tavares

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *