Nosso Santo não é de barro

Esses dias, ouvindo a rádio, escutei uma frase bem conhecida que dizia: “Devagar com o andor, que o santo é de barro”. O andor é um instrumento utilizado para carregar os santos e outras imagens de escultura nas procissões religiosas. Ao ouvir aquela frase, trouxe-a para nossa realidade, e fazendo um paralelo, conclui que o andor somos nós. Nós carregamos o Santo.