X
Menu
X

Seminário de Inverno – Aquele que cura

Quando Deus criou o ser humano, manifestou sua vontade perfeita no Éden. Era um lugar sem morte ou doença, nem tão pouco miséria ou falta. Com o pecado, essas coisas entraram no mundo e passaram a todos os homens. Por isso a obra redentora de Jesus foi tão importante. Ela nos livra da morte e do pecado. Também abre as portas da provisão de Deus e, além disso, nos dá a cura como direito conquistado na Cruz. Jesus tomou sobre si todas as nossas enfermidades e dores. Podemos crer na Palavra de Deus que nos garante a cura. Realizado em 2021, o Seminário de Inverno da Igreja Verbo da Vida de Campo Grande, no Rio de Janeiro, falou sobre essa importante verdade em cinco quintas-feiras dos meses de julho e agosto. Aqui estão todas as ministrações para que você possa receber dessa Palavra e tomar posse de sua cura.

1º dia – Marcela Chianca

Uma verdade poderosa precisa estar fincada em nosso coração, que Deus não é homem. Ele é Deus, e ainda que o homem minta, Ele jamais mentirá. Assim como outros aspectos da nossa vida, que mudam todos os dias, à luz da Palavra, Deus não muda. Ele é o mesmo hoje e para Sempre. Quando Deus fez a humanidade, a fez para viver na saúde. Mas essa verdade pode não ser nossa realidade: Eu posso estar doente, e isso é um fato, mas contra esse fato, temos o argumento dessa Palavra. O fato de a doença bater a nossa porta, é porque, no Éden, Adão entregou a autoridade de tudo o que havia na terra nas mãos de Satanás e, através do pecado, deu legalidade para que doença chegasse. Mas Jesus veio para nos restabelecer a viver na plenitude do que Deus nos criou para ser. Não há doença que possa permanecer no corpo de quem entende que está preenchido por Deus.


2º dia – Aretha Aguiar

Deus decidiu compartilhar um pouco de si com o homem. Antes de criar a humanidade Ele providenciou tudo aquilo que o ser humano precisaria. Vemos, na Palavra, que tudo o que vai sendo criado, Deus declara que é bom. Não vemos Deus criando doença e dizendo que o homem precisaria disso para aprender. A Palavra bom, que vemos na criação, significa algo que é amável, que é agradável ao sentir. E a doença não faz parte dessa categoria. Na primeira aula do seminário vimos que Deus é Bom, e nesta 2ª aula veremos que a doença não surgiu na criação. A Bíblia relata que havia um inimigo tentando usurpar o plano original de Deus, e como sabemos, a mulher e o homem dão ouvidos a ele, e é nesse momento que legalmente, entram no mundo morte, miséria, doença e enfermidades. Jesus veio para fechar essa porta da legalidade e, quando Ele nos livra da morte, juntamente nos livra da enfermidade. Da mesma forma que cremos que fomos livres do pecado e do inferno, devemos crer em nossa cura.


3º dia – Pr. Alex Bastos

O Espírito que habita em nós é vivificador. A Bíblia nos revela que no momento da criação o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. Quando, então, a Palavra de Deus entra e ação para criar todas as coisas. Isso nos demonstra um princípio poderoso de que o poder do Espírito agindo com a Palavra é a base para o milagre. Quando unimos a Palavra ao Espírito gera o sobrenatural passa a agir. Se temos Palavra e Espírito e queremos como resultado milagres, precisamos da fé. Uma vez alimentados da Palavra, a fé é gera dentro de nós. Essa fé gera em nós a confissão da Palavra e a atitude correspondente ao que cremos.


4º dia – Samuel Bernardo

O amor Deus o moveu a fazer coisas extraordinárias, a maior delas foi enviar seu Filho para morrer por nossos pecados e enfermidades. A cura é nossa herança que foi conquistada para nós, e é com o braço da fé que a agarramos e usufruímos dela. A fé que nos leva a viver a essa realidade, é a mesma que faz com que a mantenhamos em nossas vidas. A Palavra diz que no céu não existe doença nem dor, e o próprio céu veio habitar dentro de nós, na pessoa do Espírito Santo. Hoje, a nossa vida é viver em saúde divina, pois Cristo já a conquistou para nós.


5º dia – Pr. Caoxande Chianca

No Antigo Testamento, os profetas, reis e sacerdotes eram separados para seu ofício através da Unção. Ela é uma capacitação vinda de Deus para que esses homens pudessem realizar o seu ministério. Ela era simbolizada pelo óleo da Unção, especialmente preparado de acordo com instruções específicas de a Moisés. Esse óleo é uma representação do Espírito Santo que que capacita os chamados por Deus. No Novo Testamento, Jesus Cristo, que quer dizer ungido, foi capacitado pelo Espírito Santo para curar e libertar todos os oprimidos do diabo. Essa Unção também se derramou sobre os apóstolos e discípulos, sendo manifestada ainda hoje por meio do batismo com o Espírito Santo. A unção para a curar ainda está presente na igreja e disponível para libertar e curar todos os que sofrem por causa de enfermidades.

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.