X
Menu
X

Uma história de amor

por Isabelle Mendes

No jardim eles eram íntimos, criados para ser uma família, se encontravam sempre na viração do dia e conversavam debaixo daquele cenário lindo que era o colorido do céu.

Mas um dia, seu filho tão amado, sua obra de arte, sua própria criação, decidiu desobedecer ao Pai. Achando que Ele jamais perceberia seu erro, ficou quietinho, se escondeu, como fazem as crianças depois de fazer alguma coisa errada, e não compareceu no horário de sempre para o encontro de pai e filho, onde eles falavam sobre tudo. Sentiu vergonha, medo, tristeza.

Seu Pai, que como todo bom Pai já sabia que o filho havia errado, chamou por ele. Ele envergonhado se achegou, um tanto quanto acuado, disse um tímido “oi, Pai”. E naquele instante, sem demostrar surpresa, seu Pai disse “meu querido filho, porque não ouviu a minha voz? Porque não escolheu obedecer a minha direção? Me entristeço em pensar na vida que escolheu, mas você é livre. ”

A desobediência, o orgulho e a ideia de que sabia mais que seu  Velho o tiraram do jardim, da comunhão, dos momentos em família, e o filho precisou viver com essa distância, colhendo os frutos da sua escolha, trabalhando duro para conquistar bem menos que os banquetes que ele tinha em sua casa.

Mas esse não era o desejo do seu Pai, que rapidamente se reuniu com toda a família. Naquele momento o irmão mais velho disse “sei o que tenho que fazer meu Pai, prontamente arrumarei tudo para salvar a nossa casa”. E ele foi enviado pelo Pai ao mundo. Andou entre todos os homens, ensinou amor com a sua vida e no momento certo realizou a maior prova de amor que alguém poderia fazer. Deu a sua própria vida, para salvar não só o seu irmão, mas todos aqueles que o conheceram e que desejaram se unir à família dele.

Ele pagou com preço de sangue a enorme dívida gerada por todos aqueles anos de separação. E com o suor do seu sofrimento naquela cruz, ele reconstruiu o caminho de volta pra casa.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

Igreja promove minissérie “Abrindo os Olhos em Tempos de Crise” Compaixão mobiliza bairro de Campo Grande na Capital do RJ O ministério do Espírito Santo Poder para ser testemunha O Reino de Deus e a rede O poder sobre a cabeça, que desce para corpo Seminário de Verão – Ofício do Mestre A fé que opera pelo amor
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.