X
Menu
X

Pr Claudio Alexandre

O Poder e o Propósito da Unidade – Parte 1
Nesta pandemia muitas coisas aconteceram, o Senhor nos preparou para todas, primeiro ocorreu uma onda de ataques à saúde, depois uma onda de ataques à saúde mental, seguida de uma onda de desânimo e nós vencemos cada uma delas. Há uma percepção de que uma onda se levantando para destruir a unidade da igreja, mas nós estaremos vacinados e não seremos parados com isso, existem promessas de crescimento sobre nós e para crescermos precisamos andar em unidade! Quando houve uma unidade dos homens para a construção da torre de Babel, o próprio Deus disse que nada seria impossível aqueles homens por causa da sua unidade, quando param de se entender e perderam a unidade, não conseguiram fazer mais nada. Em contrapartida, no dia de Pentecostes todos falavam em línguas estranhas mas cada um compreendia como se fosse sua língua materna, depois disso, aqueles homens produziram sinais e maravilhas, existe poder na unidade! Nossa igreja anda em unidade e nada nos será impossível.
A chave do milagre
Há tempo para todas as coisas. Tempo de chorar. Tempo de se alegrar. Paulo e Silas, quando açoitados e presos, era “óbvio” que seria um dia dia de dor, pranto. No entanto, eles Oraram. Entregaram a Deus suas posições. E depois, eles tomaram uma atitude: louvaram e cantaram, ao ponto dos outros presos ouvirem. E porque decidiram por se alegrar e louvar, foram libertos, não só eles, como os que os ouviam. De fato há dias maus, e dias bons, mas o que há em nós pode mudar circunstâncias. Nosso louvor, abençoa a vida daqueles que me cercam. Porque quando eu louvo a Deus o ambiente é afetado.
Barulho na laje
Animais sentem naturalmente o clima e as mudanças, da mesma maneira o homem natural também sente o ambiente em que está. Quando estavam na prisão, Paulo e Silas estavam vivendo o dia mau, mas semearam louvor em meio a dor. Primeiro oraram, depois louvaram, o louvor demonstra fé e confiança. O livro de Salmos (Capítulo 22, verso 3) revela que Deus se estabelece sobre os louvores, depende de você se posicionar da maneira correta. Quando crer que recebeu, comporte-se com alegria!
Carga por Alívio
O lugar de equilíbrio é o lugar de descanso em que Cristo troca, substitui , tomando sobre si o nossa carga. Maldição, pobreza, enfermidade foram substituídos por alívio e refrigério. Mentes e corpos revigorados. O fardo de Jesus é leve!
Equilíbrio na Cruz
Deus nos chamou para andar em equilíbrio! Neste momento algumas pessoas estão em desequilíbrio na alma e, por este motivo, estão andando curvadas ao invés de correr suas carreiras. Para estar equilibrado é importante não carregar pesos que não são seus, e a balança do Senhor não é como aquela balança rigorosa que é peso por peso, carga por carga, não tem a ver com obras… é uma questão de graça. O peso que deveria ser nosso Cristo levou sobre si e nos deu seu fardo que é leve.
A Substituição
Deus amou o mundo, deu seu filho em sacrifício, que experimentou humilhação, sofrimento e principalmente separação, em nosso favor. O plano perfeito, de salvação se completou com a morte completa de Jesus, por isso, necessário é refletir sobre como este sacrifício tem sido visto.
A Bênção na cruz
Deus amou o mundo e deu, doou, Seu Filho entregando-o em sacrifício, fazendo-o maldição. Foi um alto preço e não podemos desconsiderar, por incredulidade, tudo o que Jesus fez ao morrer, a terrível morte de cruz: Cura, Paz, Prosperidade. Receba, já foi pago!
Expectativa de colheita
Temos passado por um tempo desafiador para a igreja. A pandemia que s abateu sobre o mundo trouxe novos desafios para o Corpo de Cristo. Mas, carregamos sempre a palavra de que chegaríamos do outro lado. E o tempo que se aproxima é um tempo de colheita de tudo o que foi plantando. Porém, ao contrario do que se imagina, o tempo de colheita não é menos trabalhoso que a semeadura. É um tempo de alegria sim, mas também de grande esforço e trabalho para que sejam colhidos os frutos do trabalho. Precisamos de uma postura de alegria, mas também muita disposição para o que está por vir.
O Nosso Deus é tão extraordinário que não só nos criou como imagem e semelhança, mas se fez homem e veio à terra morrer por nós para que tivéssemos acesso a sua paternidade. É tão valioso sermos seus filhos, termos esse Deus como Pai. Num mundo onde há tanta falha de referência de paternidade, trazendo tamanha desestabilização na estrutura familiar, vemos deficiência no crescimento dos filhos. No decorrer da humanidade, vemos que o que antes era comum e tradicional o homem -pai, marido- ter tempo com seus filhos para passar à frente seu papel, assim como postura e responsabilidades. Hoje não vemos mais essa presença do pai sendo honrada. Abraão, antes mesmo da lei, reconhece que Melquisedeque era a paternidade vinda de Deus. Precisamos ter uma cobertura espiritual. Paternidade espiritual é plano de Deus.
A Chave Para a Vitória
Na nova aliança todos nós fomos chamados para sermos Reis e Sacerdotes, sabendo que nosso sumo-sacerdote é Jesus. Existe uma expressão de sacrifício da Nova Aliança que chegam como aroma suave ao Senhor. Como o sacrifício de ofertas, para manter a casa do Senhor, e da obediência quando congregamos e a plenitude de Deus se manifesta. Mas, existem também o sacrifício de louvor. A palavra sacrifício em nosso entendimento significa ir contra a nossa vontade, mas para Deus não é assim. Quando oramos levamos a Deus nossa demanda, a nossa gratidão, a concordância, é a nossa parte compreensível. Mas quando oramos em outras línguas, o Espírito de Deus trás a revelação para nossas vidas. Deus está se comunicando conosco. A palavra diz que Deus habita nos louvores. A oração é fundamental e não há maior importância em um ou noutro. Nós oramos porque falamos, mas louvamos pela resposta de Deus.