X
Menu
X

Espírito Santo

As manifestações do Espírito Santo – Parte II
Deus nos deu uma ordem: pregar o Evangelho. E com essa ordem Ele enviou ferramentas, as manifestações do Espírito Santo. Elas vêm para que o ímpio veja e creia que em Deus. São ao todo nove manifestações do Espírito Santo, que visam sempre um fim proveitoso, determinado pelo próprio Deus. A Igreja deve entender a importância desses dons espirituais para que sejamos testemunhas de Cristo. Esses dons vêm com a capacitação sobrenatural que ocorre no batismo com o Espírito Santo. Vem também a capacidade de falar em outras línguas, que uma importante ferramenta de edificação pessoas. As manifestações, no entanto, são para edificação dor Corpo de Cristo e como sinal para os incrédulos. Assim, aliadas ao fruto do Espírito, as manifestações do Espírito Santo nos capacitarão para testemunha que Cristo Jesus vive.
Discernindo as Oportunidades
Devemos manter a expectativa pela volta de Jesus. O momento de exaustão vivido por este mundo remete-nos às ações e energias finais do nosso adversário, que tenta dar suas últimas investidas. Nesse momento, a fé é fundamental para tudo que desejamos realizar, pois fortalece nossos desejos em Deus e fortifica e estabelece a comunhão com o nosso Pai. O desejo de manter relacionamento com Deus, intensifica nossa comunhão de filho para com Ele. O relacionamento entre o Pai e a igreja é simples e de intimidade. O Espírito Santo afina o nosso espírito para comunicar o som puro da voz do nosso Pai. Essa voz fala aos nosso corações a todo momento, não percamos isso.
As manifestações do Espírito Santo – Parte I
A ignorância não é incentivada pela Bíblia. Onde há ignorância, há uma oportunidade do diabo nos fazer cativos. Porque o povo ignorante é um povo prestes a perecer, mas o que conhece o seu Deus e permanece na palavra, fará proezas. Jesus foi comissionado com a unção do espírito para libertar, curar. Assim como Jesus foi enviado, Ele nos envia de baixo da unção do Espírito Santo. As manifestações do Espírito Santo são como uma sineta, anunciando que Deus está agindo. Na igreja de Corinto, eles se moveram nos dons sendo testemunhas de que Jesus estava realizando milagres. E os dons continuam disponíveis para a igreja até que Ele volte.
Algo está se movendo – Culto da noite
Algo está se movendo! E não se restringe a uma igreja local, mas um mover para todo o mundo. É algo que está reservado para a igreja dos últimos dias, a unção dos últimos dias. Ninguém, em outra época, experimentou aquilo que acontecerá nesses dias. O céu está olhando para a terra e tem expectativa, do que faremos com aquilo que tem sido entregue. Esse mover nos céus está prestes a ser derramado sobre a terra. Por isso, não é tempo de revoar, de abrir mão, baixar a guarda. É tempo de perseverar, de ficar firme. Deus conta conosco, Ele deseja se manifestar em nós e através de nós. Ele tem despertado corações nesse tempo e colocado neles desejos específicos. Fragmentos de Seus projetos dentro de nós. E se mergulharmos em seu Espírito, esses fragmentos se tornarão peças maiores que se encaixarão em tudo o que temos que fazer.
Algo está se movendo – Culto da tarde
Algo está se movendo! E não se restringe a uma igreja local, mas um mover para todo o mundo. É algo que está reservado para a igreja dos últimos dias, a unção dos últimos dias. Ninguém, em outra época, experimentou aquilo que acontecerá nesses dias. O céu está olhando para a terra e tem expectativa, do que faremos com aquilo que tem sido entregue. Esse mover nos céus está prestes a ser derramado sobre a terra. Por isso, não é tempo de revoar, de abrir mão, baixar a guarda. É tempo de perseverar, de ficar firme. Deus conta conosco, Ele deseja se manifestar em nós e através de nós. Ele tem despertado corações nesse tempo e colocado neles desejos específicos. Fragmentos de Seus projetos dentro de nós. E se mergulharmos em seu Espírito, esses fragmentos se tornarão peças maiores que se encaixarão em tudo o que temos que fazer.
O ministério do Espírito Santo
Essa ministração está baseada em João 14:16, onde Jesus diz que enviaria outro Consolador. A palavra outro, significa um do mesmo tipo. A palavra Consolador é a junção de duas palavras. Que significa chamado para estar ao nosso lado. Nessa ministração, vamos ver que o Espírito Santo é uma duplicata de Jesus, e foi chamado para estar ao nosso lado.
O Espírito de Profecia I: Luz em tempo de escuridão
2 Pedro 1:19 nos estimula a considerar a Palavra profética como uma candeia que brilha em lugar tenebroso (luz em tempo de escuridão). Apocalipse 19:10 nos afirma que é o testemunho de Jesus o Espírito da profecia. Em tempos de Coronavírus (Covid 19) temos a Palavra para iluminar nosso caminho, mas também o Espírito Santo e a Unção Profética para nos conduzir. Não devemos apagar o Espírito nem desprezar as profecias (1Tessalonicenses 5), pois estes serão recursos fundamentais nestes tempos de crise. Onde o povo de Deus deve se levantar como luz deste mundo e sal desta terra.
A obra do Espírito Santo em nós
Quando reconhecemos Jesus como nosso Salvador, nos tornamos filhos de Deus e recebemos o seu Espírito. Essa é a experiência do novo nascimento, quando nos tornamos habitação de Deus no nosso espírito, e sua presença é como uma fonte a jorrar para a vida eterna. Mas, existe uma outra porção para quem desejar, é o revestimento de poder, o Espírito Santo sobre nós nos capacitando a produzir evidências e testemunhar que Cristo está vivo em nós e através de nós. Essa mensagem nos alerta a não vivermos indiferentes à pessoa do Espírito Santo e trata da importância do relacionamento com Ele para que vivamos plenamente os propósitos de Deus para nossas vidas.
Culto especial com Wagneide Menezes
A unção profética é de extrema importância para a igreja e para o seu crescimento. Ela ensina, consola, e exorta de acordo com a vontade do Espírito Santo. Nesse culto especial com Wagneide Menezes a igreja local experimentou de uma fabulosa porção da unção profética. Seja você também edificado pela vida dessa grande mulher de Deus.
07/09/2019 – 2º tempo – Claudia Lacerda
O profeta Joel anunciou que o Senhor derramaria do seu Espírito Santo sobre toda a carne (Joel 2:28). Essa profecia encontra seu cumprimento em Atos quando, no dia de Pentecostes, houve o derramamento do Espírito. Esse poder não foi dado para que somente a Igreja experimente da glória de Deus. Pelo contrário, ele nos torna completos para anunciarmos ao mundo a Graça de Deus.