X
Menu
X
Igreja Evangélica Verbo da Vida
Recife - Zona Norte

SUPERANDO AS ADVERSIDADES E DESAFIOS| PR. HUMBERTO ALBUQUERQUE| MANHÃ 30.06.19

Fechando o último domingo de junho (30), o pastor Humberto Albuquerque ensinou sobre o tema: “Superando as adversidades e desafios”.

Ele mostrou que os problemas chegam para todos nós, apesar de estarmos andando em retidão; a diferença é a forma como lidamos com eles, apoiando a nossa confiança em Deus. “Quando você faz de Deus o seu servo, viverá sempre em frustração. Mas quando você serve a Deus, Ele sempre vai surpreendê-lo.”

Ao final, a ministra Claudia Lacerda profetizou sobre o início de um tempo de restituição à Igreja:

“Assim diz o Senhor, o teu Pai:
Ouve as palavras que foram ministradas pelo teu pastor nesta manhã, porque nesta manhã o Senhor te diz: RESTITUIÇÃO. Ele irá restituir tudo aquilo que foi perdido. Restituição! Ouve as palavras nessa manhã, e haverá restituição, em nome de Jesus.”

Jesus, enquanto esteve aqui na terra, apesar de perfeito, teve problemas. Isso nos mostra que todos nós teremos adversidades, ainda que estejamos andando em retidão.

Nenhum problema será maior do que o estoque de soluções que está dentro de nós. Todo problema é falta de sabedoria.

Em meio à crise, a mão de Deus fará diferença em sua vida e, consequentemente, em sua produtividade.

Reconheça o Senhor em todos os seus caminhos. Então, não murmure quando as coisas não saírem como você gostaria. Precisamos reconhecer o Senhor também nos “nãos” que recebemos, pois, muitas vezes, estamos recebendo livramento dEle.

O que determina o tempo que você passa na adversidade é o quanto você murmura ou louva a Deus.

Daniel 3.15-18 nos mostra bem isso:

Agora, porém, quando vocês ouvirem o som da trombeta, do pífaro, da cítara, da harpa, do saltério, da flauta dupla e de toda espécie de música, se vocês se dispuserem a prostrar-se em terra e a adorar a imagem que eu fiz, será melhor para vocês. Mas, se não a adorarem, serão imediatamente atirados numa fornalha em chamas. E que deus poderá livrá-los das minhas mãos? ”
Sadraque, Mesaque e Abede-Nego responderam ao rei: “Ó Nabucodonosor, não precisamos defender-nos diante de ti.
Se formos atirados na fornalha em chamas, o Deus a quem prestamos culto pode livrar-nos, e ele nos livrará das suas mãos, ó rei.
Mas, se ele não nos livrar, saiba, ó rei, que não prestaremos culto aos seus deuses nem adoraremos a imagem de ouro que mandaste erguer”.

Na hora da provação é que se faz o verdadeiro discípulo, pelas suas escolhas.

Quando você faz de Deus o seu servo, viverá sempre em frustração. Mas quando você serve a Deus, Ele sempre vai surpreendê-lo.

Igreja não é loja de conveniência, e sim lugar de superação, pois a fé não nega a adversidade, e sim a autoridade dela sobre nossa vida.

“As coisas encobertas pertencem ao Senhor, ao nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei.” Deuteronômio 29.29

Não é o problema que nos define, e sim, a forma como o administramos. Não aceite nenhum tipo de condenação. Caso erre, arrependa-se e siga sua vida. Do problema no qual você vai entrar, Deus já lhe deu o livramento.

Não saberemos de tudo. Portanto, não fique se questionando o porquê de os problemas chegarem. Se tiver pecado, simplesmente se arrependa e deixe os questionamentos.

Contemple somente o que os olhos da fé contemplam. Não deixe ninguém dizer a você quem você é,  pois Jesus pagou um preço muito alto para dizer a você, de fato, quem você é.

Não aceite nenhuma condenação do inferno sobre o que não deu certo ou não aconteceu no passado. Pelo contrário, encha-se de expectativa para o que o Senhor está preparando para o seu futuro. Os mesmos que fizeram o mal contra você verão o livramento de Deus na sua vida.

No começo vão perseguir você. Mas depois, vão procurar por você: “Rapaz, o Deus dele resolve!”

A Palavra nos mostra que existem tempestades que chegam em nossas vidas, quando desobedecemos, mas também quando obedecemos, além de outras que nos alcançam por estarmos associados a pessoas que estão em desobediência. O melhor é passar por elas em obediência, pois, dessa forma, temos autoridade legal sobre elas.

Há laços, armadilhas que o diabo monta, mas você não é caçador de demônios. Diante dos laços, você coloca seus olhos no Senhor.Vivemos uma vida de fé, mas fé envolve perseverança, integridade e sabedoria.

Não negocie a bondade de Deus no altar da razão. Ele é fiel!

 

Compartilhe
Deixar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *